Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Histórico - Macaé

A Universidade Federal Fluminense está presente em Macaé - cidade do estado do Rio de Janeiro conhecida como a Capital Nacional do Petróleo - desde 1992, quando os cursos de graduação de Administração e de Ciências Contábeis foram instalados, começando a funcionar em março de 1993, por meio de convênio firmado entre a Universidade Federal Fluminense e a Prefeitura Municipal de Macaé através do seu órgão executor FUNEMAC – Fundação Educacional de Macaé.

Estes cursos funcionaram como uma extensão de cursos de Niterói, ligados à EST – Faculdade de Administração e Ciências Contábeis, e aos seus departamentos de Administração (STA) e de Contabilidade (STC).

Em 25 de julho de 2012, através da DECISÃO de n° 29/2012  foi criado e aprovado pelo CUV o CAMPUS da UFF em Macaé.

Em 2001, o curso de Direito da UFF em Macaé, foi instalado por convênio entre a UFF e o Governo do Estado do Rio de Janeiro, convênio que durou até 2005, quando  se extinguiu e na iminência de se encerrar, foi abrigado e transferido para o convênio entre a Prefeitura Municipal de Macaé/FUNEMAC e a Universidade Federal Fluminense, vindo a se somar aos anteriores, de Administração e de Ciências Contábeis.

Atualmente, o Instituto de Ciências da Sociedade de Macaé – ICM, conta com três cursos de graduação: Administração, Ciências Contábeis e Direito - com 890 alunos ativos, 25 docentes e 9 servidores técnicos administrativos, instalados nas dependências da Cidade Universitária da Fundação Educacional de Macaé, órgão da Prefeitura Municipal de Macaé, para a expansão de suas atividades acadêmicas contando com propostas de cursos de pós-graduação lato sensu e strictu sensu além de cursos de curta duração, bem como a interseção com a sociedade macaense, com o oferecimento de ações de cunho social.

Tal crescimento da universidade em Macaé está em consonância com o crescimento populacional e econômico que a a cidade vive desde a década de 1970, quando a Petrobrás escolheu Macaé para ser a sede de suas operações na Bacia de Campos. Mais de quatro mil empresas se instalaram no município e a população foi multiplicada por dez - hoje são mais de 200 mil habitantes.
 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 08/12/2015 - 14:45