Campus do Aterrado - Volta Redonda

Volta Redonda

Notícias e Informes recentes

Narrativas da escravidão: A história nas cartas do exílio de André Rebouças

#ParaTodosVerem Capa em preto e brando do livro “Registo da Correspondência 1891-1892, volume 4, de André Rebouças"

Um dos maiores intelectuais negros do país e grande articulador do movimento abolicionista brasileiro, o engenheiro André Rebouças registrou suas experiências e percepções em um diário que manteve quase durante toda sua vida adulta. Quando deixou o Brasil após a queda da monarquia, Rebouças passou também a transcrever as cartas que escrevia no exílio. Poucas dessas cartas haviam sido  publicadas.

Biografia do SUS: A jornada do maior projeto de saúde pública do mundo

O Sistema Único de Saúde (SUS) testemunhou e participou de momentos políticos e históricos importantes, integrando-se ao cotidiano dos brasileiros e cuidando daquilo que é um direito da natureza humana – preservar a vida, a saúde e o bem-viver. No livro “SUS: uma biografia”, escrito pelo médico e professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) Luiz Antonio Santini e pelo historiador e escritor Clóvis Bulcão, a trajetória do maior projeto de saúde pública do mundo é contada através das perspectivas de seus protagonistas.

Desenhando a história: Pesquisa analisa o legado de Henfil na redemocratização do Brasil

#ParaTodosVerem Um quadrinho em preto e braco com pessoas segurando cartazes, no qual pode ser lido “Queremos votar”, e um militar com megafone dizendo “Voltem para suas casas! O povo é ilegal…”.

Há 40 anos, tinha início uma das principais campanhas da luta pela redemocratização no Brasil: a Diretas Já, movimento que exigia o fim do voto indireto para presidente da república. De políticos a artistas, a ação contou com a mobilização de diversos setores da sociedade. O assunto é tema do artigo “Diretas Já Era: A estratégia de redemocratização de Henfil através das Cartas da Mãe”, do chargista e professor do curso de Relações Internacionais da Universidade Federal Fluminense (UFF) Marcio José Melo Malta.

UFF e Petrobrás desenvolvem parceria para revolucionar a exploração petrolífera

#Pratodosverem: Imagem preto e branco de um equipamento de médio porte para análises químicas.

A Universidade Federal Fluminense (UFF) está na vanguarda da pesquisa em petróleo com um projeto inovador que se concentra no estudo de inclusões fluidas - pequenas cavidades microscópicas, presentes em minerais de rochas e contendo quantidades mínimas de água, óleo e/ou gás. Essas inclusões são essenciais para a nova abordagem da UFF na exploração geoquímica de petróleo.

UFF e Petrobras firmam parceria em projeto para nuvens comerciais

A Universidade Federal Fluminense (UFF), em colaboração com a Petrobras e apoio da Fundação Euclides da Cunha, está liderando um projeto inovador em Computação de Alto Desempenho (HPC) em Nuvens Computacionais. Este tipo de computação é essencial para diversas áreas, incluindo pesquisa petrolífera, previsões meteorológicas, estudos biológicos e desenvolvimento de tecnologias de inteligência artificial.

UFF Responde: PL da ‘Uberização’

O número de plataformas digitais de trabalho quintuplicou em todo mundo na última década, segundo relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) de 2021. Em 2022, no Brasil, 1,5 milhão de pessoas trabalhavam para aplicativos, e, desse número, mais de 700 mil eram motoristas de aplicativo, segundo o IBGE. Esse tipo de ocupação cresceu 979% no Brasil, entre 2016 e 2021, principalmente pela alta taxa de desemprego

Conscientização sobre o Autismo: UFF produz e-book que norteia o atendimento a pessoas com TEA

No dia 2 de abril, o mundo se une para reconhecer a importância do Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Essa data destaca a necessidade de compreender e apoiar indivíduos com Transtorno do Espectro Autista (TEA), promovendo a inclusão e a aceitação em todas as esferas da sociedade. Caracterizado por diferenças na comunicação, interação social e comportamento, o TEA afeta indivíduos de maneiras variadas, o que demanda abordagens especializadas e compreensão aprofundada por parte dos educadores e profissionais de apoio.

UFF compõe Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas e Álcool de Volta Redonda

A Universidade Federal Fluminense, através do Instituto de Ciências Humanas e Sociais de Volta Redonda, faz parte do Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas e Álcool de Volta Redonda (Comuda-VR), que tem como objetivo atuar diretamente na formulação da política de prevenção ao consumo abusivo de drogas no município. A universidade representa as instituições federais por sua alta relevância em Volta Redonda e sua capacidade de produção de conhecimento científico na área de álcool e drogas, além do potencial de capacitação de técnicos locais para a prevenção.

Páginas