Logotipo da UFF

Você já ouviu falar da "Política UFF-Acessível"?

Proporcionar a inclusão das pessoas com deficiência em nossa sociedade ainda é um desafio, em função de barreiras físicas, econômicas e até sociais. Aqui na UFF, no entanto, um grande passo foi dado com a institucionalização de uma política focada em acessibilidade e inclusão. A "Política UFF-Acessível", criada por um grupo de trabalho vinculado à Reitoria, é voltada para estudantes e servidores com deficiência ou necessidades diferenciadas. O principal objetivo é garantir os direitos desses grupos e consolidar programas, atividades e práticas transversais que atendam as demandas internas, além de alinhar as ações já desenvolvidas pela Proaes,
Progepe, grupos de extensão e outros.

E falando dessa ações...a Casq tem um projeto voltado especificamente para técnicos administrativos e docentes, o "Servidor (d)eficiente". Hoje, essa é a realidade de 37 servidores da universidade e de cerca de 200 alunos.
Para quem ainda não conhece, este serviço, com atuação em todos os campi da UFF, visa acolher os servidores com deficiência e promover as adaptações necessárias para o desenvolvimento adequado das suas atividades, por meio do mapeamento dos ambientes de trabalho.

Caso queira obter mais informações sobre o projeto "Servidor (d)eficiente" ou solicitar um mapeamento da sua área de trabalho, envie um e-mail para pqvs@vm.uff.br. E fique por dentro dos primeiros passos da "Política UFF-Acessível" em www.uffacessivel.sites.uff.br.

Tags: