Logotipo da UFF

testagem

Nessas duas primeiras semanas de 2022, as taxas de internações e óbitos derivados de infecções por Covid-19 no país saíram de patamares baixíssimos em praticamente todos os principais centros urbanos do país para voltar a crescer, de forma súbita e ainda mais acelerada do que em qualquer momento anterior da história da pandemia. Trata-se da inauguração da terceira onda de Covid-19 em território brasileiro, agora com o protagonismo da variante Omicron.

Publicado em 14/01/2022
Subscrever testagem