Logotipo da UFF

habitação

O direito à moradia, explicitado no artigo 6.º da Constituição Federal Brasileira, inclui a habitação como garantia social fundamental. O tema é um dos mais relevantes quando se trata do sucesso de medidas de prevenção e contenção da pandemia de COVID-19. A necessidade do isolamento social evidenciou a questão habitacional como ponto determinante para o contexto da saúde pública atual. Entretanto, as condições domiciliares, em muitos lugares, como nas periferias espalhadas pelo país, não favorecem os protocolos sanitários necessários para evitar a contaminação.

Publicado em 09/06/2021

Durante as décadas de 1980 e 1990, a Região Metropolitana do Rio de Janeiro assistiu ao surgimento de movimentos organizados de ocupação de áreas urbanas que resultariam na formação de bairros populares, hoje integrados à cidade formal. Passadas mais de três décadas desde seu surgimento, essas ocupações ganham, pela primeira vez, um estudo dedicado a suas singularidades, no livro "Barbante, ripas e lutas: ocupações organizadas de terras urbanas no Rio de Janeiro, 1983-1993" (Eduff, 2016, 96p.), dos arquitetos Gerônimo Leitão e Elane Frossard.

Publicado em 09/03/2016
Subscrever habitação