Acessibilidade e Inclusão

Esta semana, o Núcleo de Estudos em Educação e Inovação da Universidade Federal Fluminense (UFF), mais conhecido como Edu-Inova UFF, apresenta o podcast Ingresso de Estudantes com Deficiência na Universidade. O material já está disponível no site do projeto e no Spotify.

Publicado em 22/07/2022

A Comissão UFF Acessível entregou à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PROAES) máscaras inclusivas (aquelas com visor transparentes na altura dos lábios) adquiridas pela reitoria para atender os estudantes com deficiência auditiva e surdez e também aos professores que atendem a esse público-alvo.

Também já foram distribuídas máscaras acessíveis aos servidores com deficiência auditiva e seus colegas de trabalho, bem como aos funcionários que atuam no bandejão e outros profissionais que se comunicam com mais frequência com pessoas que necessitam de leitura labial.

Publicado em 20/04/2022

O auxílio financeiro é concedido aos estudantes que apresentem deficiência motora, sensorial ou múltipla, regularmente matriculados nos cursos de graduação presencial e que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica.  Para o ano letivo de 2022 serão disponibilizadas 40 vagas, cuja classificação obedecerá a critérios socioeconômicos em conformidade com o que estabelece o Programa Nacional de Assistência Estudantil – PNAES. 

Publicado em 04/03/2022

A Comissão UFF Acessível em parceria com a Escola de Governança em Gestão Pública (EGGP/Progepe|) vai ofertar a oficina online de capacitação “Introdução à Inclusão e Acessibilidade na UFF: Aspectos Legais, Pedagógicos e Atitudinais”, que será realizada no dia 25 de março de 2022, das 14h às 18h (duração total de 4h), de modo síncrono pelo Google Meet. As inscrições podem ser feitas até 06/03/2022 pelo formulário: bit.ly/cursouffacessivel22

Publicado em 26/02/2022

Estão abertas as inscrições para o curso de capacitação online para servidores da UFF “Práticas inclusivas de atendimento ao público e experiências em acessibilidade na sala de aula do ensino superior”, promovido pela Comissão UFF Acessível em parceria com a EGGP/Progepe.

Com carga total de 20h, o curso será realizado no período de 09/11 a 14/12, com aulas síncronas às terças e quintas-feiras, das 14h às 15h30; e mais uma parcela de aulas assíncronas. Serão oferecidas 30 vagas.

Publicado em 19/10/2021

Mais um passo importante no movimento pela inclusão e acessibilidade na UFF vai ser dado nesta quinta-feira, 12/08, com a inauguração de um elevador no centenário prédio da Faculdade de Direito da UFF, localizado na Rua Presidente Pedreira, Ingá, em Niterói. Antiga reivindicação da comunidade, a plataforma de acessibilidade vai permitir, entre outras facilidades, o acesso de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida ao Salão Nobre.

Publicado em 12/08/2021

Resultado de um esforço coletivo, a Comissão UFF Acessível apresenta o Guia UFF Acessível: ensino, documentos e mídias acessíveis.

O guia reúne informações e orientações com o objetivo de tornar as aulas (remotas e presenciais), bem como os documentos produzidos na Universidade, mais inclusivos e acessíveis, visando a uma comunicação inclusiva e de mais amplo alcance possível.

Publicado em 04/03/2021

Lançamento do guia "Ensino, Documentos e Mídias Acessíveis", produzido pela Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão da Universidade Federal Fluminense.  O material reúne informações e dicas para tornarem as aulas remotas mais inclusivas e acessíveis.  O guia  vai auxiliar os docentes na adaptação dos conteúdos no universo digital para alunos com deficiência, transtorno global do desenvolvimento, altas habilidades, ou superdotação, e necessidades educacionais específicas na volta às aulas, nestes tempos de ensino remoto emergencial.

Publicado em 10/09/2020

A Comissão UFF Acessível e o Programa de Inovação e Assessoria Curricular (PROIAC) vão realizar a II Oficina Os desafios na inclusão do aluno com deficiência na sala de aula: possibilidades e demandas, no dia 11 /03, de 9h às 17h30, no Campus da Praia Vermelha, bloco H.  A atividade, fruto de mais uma parceria com a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) tem como objetivo promover a reflexão e a prática de temas relacionados à docência no ensino superior, trazendo para o debate temas importantes no convívio e no trabalho com os alunos com deficiência (física, visual, auditiva, intelectual, múl

Publicado em 13/02/2020
Projeto de Extensão - Natação Adaptada
Projeto de Extensão - Natação Adaptada

A PROEX registrou o Projeto de Extensão - Natação Adaptada, coordenado pelo Prof. Aurélio Pitanga Vianna.
O objetivo do projeto é  trabalhar a reabilitação de crianças e adolescentes com deficiência através de atividades aquáticas.
As atividades realizadas ajudam não somente o desenvolvimento físico dos alunos, como também psicológico.

Publicado em 03/09/2019

A PROEX divulga a realização da parceria com a Coordenadora do Projeto de Extensão Libras em Saúde, professora Gildete Amorim. O projeto de extensão Libras em Saúde visa a melhoria na qualidade de acesso à saúde por parte das pessoas com surdez - surdos sinalizadores e pessoas com deficiência auditiva. Atualmente, os surdos se encontra em grupos de minorias que sofrem barreira linguística, impedimento na comunicação para acesso aos serviços básicos de saúde.

Publicado em 08/07/2019

“Acessibilidade e inclusão no ensino superior: buscando avanços em tempos de retrocessos” é o tema da roda de conversa que o Coletivo de Alunas e Alunos com Deficiência da UFF (CAAD) promove na próxima quarta-feira, 3 de julho às 18h, na Faculdade de Educação (FEUFF), bloco D – sala 318, no Campus do Gragoatá, São Domingos, em Niterói.

Publicado em 30/06/2019

Data de 11 de maio de 2016 a Portaria Normativa do Ministério da Educação que destinou algumas vagas nos programas de pós-graduação do país para pessoas com deficiência. Antes disso, em 2013, a UFF já inaugurava seu Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão (CMPDI), com uma proposta de vanguarda: fazer ciência não somente para a pessoa com deficiência, mas junto com ela. Em outros termos, “fazer com que a pessoa com deficiência não fosse vista simplesmente como ‘objeto de estudo’, mas como pesquisadora”, explica a professora Ediclea Mascarenhas.

Publicado em 20/03/2019

Palestrante: Dra. Izabel de Loureiro Maior -ABMR

Publicado em 23/11/2018
Subscrever Acessibilidade e Inclusão