Logotipo da UFF

Programa da UFF na área da saúde atende servidores e seus dependentes. Saiba mais!

O Dia Nacional de Combate ao Fumo é comemorado no final deste mês e com isso são realizadas diferentes ações de sensibilização e mobilização da população quanto aos danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Em consonância com esse propósito e com foco na qualidade de vida dos servidores, a UFF, por meio da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, coordena o Programa de Combate ao Tabagismo, que retomou as atividades presenciais recentemente.

Cerca de 443 pessoas morrem a cada dia no Brasil por causa do tabagismo. As informações do Instituto Nacional de Câncer (Inca) assustam e ainda são reforçadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), quando afirma que o tabaco provoca o óbito de mais de 8 milhões de pessoas por ano. O tabagismo hoje é considerado a maior causa de morte evitável do mundo e também tem impacto direto na vida de quem não fuma. Além disso, está associado ao desencadeamento de diversos tipos de câncer e outras doenças como impotência sexual, infertilidade, tuberculose, infecções respiratórias etc.

Embora não seja fácil, é possível reverter o quadro de dependência, sobretudo quando existem políticas públicas e ações que contribuam para isso. O Programa de Combate ao Tabagismo, da Coordenação de Atenção Integral à Saúde e Qualidade de Vida (Casq/PROGEPE), é um incentivo para que os servidores parem de fumar, por meio da realização de palestras, consultas informativas e educativas que mostram os malefícios do fumo e também os benefícios de uma vida mais saudável.

O Programa retomou parte das atividades em modo presencial e mantém outras em formato remoto para atender técnicos administrativos e docentes, bem como seus dependentes até 24 anos de idade. Atualmente, são dois tipos de atendimento: consultas presenciais que podem ser agendadas semanalmente e rodas de conversa online mensais, com no máximo 5 pessoas. Ambas as atividades são coordenadas pelos médicos Victor Margallo e Jorge Costa e devem ser agendadas pelo e-mail sme.das.casq@id.uff.br.

Para além do suporte oferecido pela Universidade, outras ações são especialmente importantes para auxiliar quem está tentando parar de fumar. Uma alimentação saudável e práticas regulares de atividade física são um bom começo. Escolha viver bem e com saúde!

Iniciativas como a do Programa de Tabagismo só são possíveis a partir do conhecimento das condições e hábitos de vida dos servidores. É com esse foco que a Coordenação Atenção Integral da Saúde do Servidor (Casq -PROGEPE) lançou a 2ª edição do Questionário de Saúde. Todos os servidores técnico-administrativos e docentes estão convidados a responder e contribuir para o planejamento estratégico na área de saúde e qualidade de vida. Participe: https://bit.ly/3jzBiFm