Logotipo da UFF

O PDU da sua unidade já foi preenchido? Entenda a importância para a universidade!

Plano de Desenvolvimento de Unidade ou, para os mais familiarizados, apenas PDU. Já estamos na reta final do ano e uma das nossas responsabilidades enquanto servidor da UFF é contribuir com a elaboração do PDU das nossas unidades para este plano. Você sabe quais dados devem constar no PDU da sua unidade, seja acadêmica ou administrativa? Qual a importância deste trabalho para a universidade e quais os benefícios para o planejamento das ações do seu setor?

O PDU é uma ferramenta de gestão, construída coletivamente, que auxilia a unidade a priorizar e otimizar metas, além de proporcionar um alinhamento das ações institucionais em todos os níveis. A priori, parece algo burocrático e até mesmo complexo de ser feito, ainda mais quando estamos trabalhando à distância. Mas se você conhece bem a realidade da sua área, fica muito mais simples pensar e propor ações a curto e médio prazo e ainda determinar a visão sobre aonde a sua unidade deseja chegar e como quer ser reconhecida a longo prazo.

A Coordenação de Planejamento e Desenvolvimento (PLAD), vinculada à Pró-reitoria de Planejamento da UFF, tem o papel de orientar os setores da universidade na elaboração do documento e dirimir as dúvidas das partes interessadas ao longo deste processo. Aliás, o PDU nada mais é do que um desdobramento do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) cuja versão vigente é o de 2018-2022 e tem como eixo central a reorganização pós-expansão universitária. Enquanto este representa uma visão macro da nossa instituição, englobando as principais perspectivas e objetivos da alta gestão, o PDU norteia uma visão micro do planejamento da sua área, justamente para alcançar as metas propostas no PDI.

Para melhor entendimento, é bom termos em mente que o Plano de Desenvolvimento de Unidade visa desenvolver objetivos e ações estratégicas em nível tático e operacional, a curto e médio prazo. Ou seja, é algo pontual, específico, peculiar a cada setor acadêmico-administrativo, e de acordo com as demandas inerentes ao mesmo. É neste documento, por exemplo, que os servidores de uma determinada área vão descrever e também definir (quando for o caso) os seguintes pontos:

- Histórico de implantação da unidade e o seu desenvolvimento
- Cursos de graduação e pós-graduação, caso seja da área acadêmica
- Perfil do corpo técnico, docente e discente, organograma e infraestrutura do setor
- Missão, visão e valores institucionais por um dado período e em consonância com o PDI
- Diagnóstico da unidade a partir de ferramentas já conhecidas por nós, como análise SWOT ou FOFA, e outros indicadores
- Plano de ação e metas
- Plano de análise de problemas e monitoramento contínuo

A construção do documento traz ganhos não somente para cada área acadêmica e administrativa da UFF, que tende a melhor se organizar e a propor uma agenda de trabalho mais efetiva, como também para toda a Instituição, no que tange à gestão de riscos, à tomada de decisões, à otimização de recursos etc. Estes e outros benefícios do PDU para a universidade serão apresentados em edições futuras do Comunica UFF, já que nos dias 03 e 17 de dezembro teremos uma seção exclusiva aqui no informativo para compartilharmos mais dados sobre este tema. Por enquanto, confira desde já mais informações sobre o tema neste link: Guia para elaboração do Plano de Desenvolvimento da Unidade.