UFF inaugura sala na quadra da Portela para oferecer apoio acadêmico à comunidade

Inauguração da sala Carlos Monte na Portela

Crédito da fotografia: 
UFF

No dia 02 de julho, a UFF inaugurou a sala Carlos Monte na quadra da escola de samba Portela, onde funcionará o projeto de extensão Programa de Monitoria e Tutoria Doutora Alexandra Anastacio (PROMTUFF), que tem o objetivo de oferecer apoio acadêmico à comunidade de estudantes em torno da Portela que estejam matriculados em cursos de nível superior, de forma remota.

O projeto foi idealizado pela professora Helena Castro e é coordenado pelo Pró-reitor de Graduação e professor José Walkimar Carneiro, contando com a participação de outros docentes, técnicos e discentes da UFF. Na Portela, o projeto é apoiado pelo GRCESM Filhos da Águia, a Escola de Samba Mirim da Portela. Ali foi montada uma sala com infraestrutura de computadores e rede de comunicação para que os interessados possam usar como base para comunicação com os tutores e monitores da UFF, com supervisão acadêmica de docentes da UFF. “O objetivo é melhorar o desempenho acadêmico de uma parcela significativa da comunidade que circula na região da Portela, oferecendo apoio acadêmico a alunos de nível superior de todas as instituições”, explica Walkimar.

Para o reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, a iniciativa mostra que a universidade está aberta e conectada aos desafios da sociedade. “A UFF, através de sua atividade acadêmica, está profundamente vinculada à vida e à necessidade das pessoas de um modo geral. Nesse sentido, o PROMTUFF e a inauguração da sala na Portela refletem a nossa responsabilidade social e a busca por criar espaços para que a educação possa servir como um instrumento de progresso social e desenvolvimento individual”, ressalta.

Segundo o professor Walkimar, a intenção é contribuir para a melhoria do rendimento acadêmico dos alunos que participam do projeto, principalmente os que estão vinculados ao ensino a distância, que normalmente apresenta uma taxa de evasão muito alta. “A universidade possui experiência na formação de pessoas e pode contribuir para que a comunidade alcance índices educacionais mais elevados. Esperamos que os estudantes que participarem do projeto se sintam de alguma forma incentivados a continuar os seus estudos e concluir seus cursos em um tempo mais curto”.

O evento de inauguração contou com a participação do reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, e de várias autoridades que estão apoiando o projeto, tais como o ministro do Superior Tribunal de Justiça Benedito Gonçalves, o presidente da Portela Fábio Pavão, o presidente da Filhos da Águia Celso Soares de Andrade e a madrinha dos Filhos da Águia Marisa Monte, além da Presidenta de Honra da Portela Tia Surica.