Estudo revela condições objetivas e subjetivas de aprendizagem e letramento dos(as) estudantes da UFF durante pandemia

O professor Joaci Pereira Furtado, do Instituto de Arte e Comunicação Social e a professora Rosane Barbosa Marendino, da Faculdade de Educação divulgam resultado preliminar da pesquisa "Condições objetivas e subjetivas de aprendizagem e letramento dos(as) estudantes da Universidade Federal Fluminense no ambiente de restrições sanitárias da pandemia de covid-19". 

O arquivo anexo (ao fim da página) reúne resultados gerais e preliminares da pesquisa empreendida com o objetivo de investigar o perfil socioeconômico e cultural do estudantado da graduação presencial da Universidade Federal Fluminense no contexto da pandemia de covid-19, mas numa perspectiva que a excede. São observadas, em especial, as práticas de letramento (leitura e seus suportes, frequência à rede de bibliotecas da UFF, distribuição do tempo para a leitura acadêmica e recreativa, obras preferidas ou mais lidas, tempo dedicado ao estudo extraclasse e uso dos dispositivos eletrônicos) e de cultura (frequência a equipamentos culturais, colecionismo, atividades artesanais e/ou artísticas e práticas esportivas, uso recreativo de dispositivos eletrônicos).

A pesquisa é resultado do edital Integrado de Projetos de Pesquisa, Ensino e de Extensão publicado pela universidade que teve como objetivo principal apoiar atividades acadêmico-científicas ligadas ao enfrentamento da Pandemia do covid-19.

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Tags (palavras-chave): 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 12/01/2021 - 12:10