Agenda de defesas

Dezembro 2014
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Apresentação

 
Programa:  PPGSC/UFF

O programa de mestrado em saúde coletiva da Universidade Federal Fluminense foi criado em 2007 e iniciou a primeira turma em 2008. O curso tem como objetivo geral: Desenvolver formação acadêmica em nível de pós-graduação, comprometida com a produção de conhecimento e a reflexão crítica sobre o campo da Saúde Coletiva. Objetivos Específicos: (1) Apoiar a formação científica para o desenvolvimento de projetos de pesquisa, contribuindo com a produção de conhecimento na área. (2) Capacitar para a docência no campo da Saúde Coletiva, contribuindo para a conscientização, no interior da universidade e na opinião pública, dos problemas de saúde da população brasileira. (3) Colaborar com instituições nacionais e de outros países no desenvolvimento de projetos conjuntos relacionados ao campo da saúde coletiva. O Programa é estruturado em uma área de concentração: Saúde Coletiva, e quatro (4) linhas de pesquisa.


Área de concentração: Saúde Coletiva


Linhas de pesquisa:

1) Determinantes do processo saúde/doença no ciclo da vida.
2) Nutrição em Saúde Coletiva
3) Cuidado em saúde: teoria e práxis
4) Educação em/na Saúde: saberes e práticas


O tempo de duração do mestrado é de 24 meses e o aluno deverá cursar 40 créditos, sendo que a qualificação do projeto corresponde a 06 (seis) e a conclusão da dissertação 09 (nove) créditos. Além disso, 07 (sete) créditos são de 02 (duas) disciplinas obrigatórias para todos os alunos: Introdução à saúde coletiva e Seminários de acompanhamento. Os demais créditos podem ser cursados nas diversas disciplinas optativas ofertadas nas linhas de pesquisa e/ou em outros programas de outras Instituições devidamente credenciados pela CAPES.


No primeiro ano do curso os alunos cursam disciplinas que fundamentam os aspectos epistemológicos e metodológicos do curso com disciplinas obrigatórias a todos os alunos e outras optativas de acordo com a linha de pesquisa. Especificamente no segundo semestre apresentam e discutem os projetos de dissertações, no seminário de acompanhamento. No segundo ano do curso os alunos podem participar de disciplinas que subsidiam a prática docência (estágio docência), fazem o exame de qualificação, continuam a elaboração da dissertação e produção científica, e defesa da dissertação em 24 meses, sendo que há banca prévia.