Aquisição da Linguagem Escrita e Intervenções Pedagógicas: uma abordagem Histórico-Cultural

Silvana Calvo Tuleski, Marta Chaves, Sonia Mari Shima Barroco

Resumo


No campo da Psicologia, diferentes teorias procuram compreender o desenvolvimento da linguagem escrita. Ora a explicam como uma simples aquisição de hábitos mediante o treino de habilidades básicas, ora como um processo decorrente do amadurecimento de estruturas cognitivas ou da elaboração de hipóteses individuais e espontâneas sobre a escrita, fundamentando-se em uma determinada prontidão neurocognitiva. O resultado destas compreensões para a alfabetização foi, com algumas variações, a aplicação de procedimentos didáticos que mais se submetiam ao desenvolvimento biológico da criança do que o promoviam. Neste texto, de natureza conceitual e metodológica, busca-se outra compreensão, apresentando-se elementos teóricos sobre a aquisição da linguagem escrita na perspectiva da Psicologia Histórico-Cultural e, com circunscrição ao âmbito ontogenético, discutem-se as implicações para e das intervenções pedagógicas a partir de seus pressupostos. Para isso se explicitam a natureza e o desenvolvimento das funções psicológicas superiores, das quais a linguagem escrita é parte; em seguida mostra-se como se dá a aquisição da linguagem escrita de acordo com Luria e Vigotski, e, por último, são apontadas as mediações pedagógicas que se fazem necessárias para que o ensino promova aprendizagem e esta, por sua vez, desenvolvimento.

 


Palavras-chave


Psicologia Histórico-Cultural; Linguagem escrita; Materialismo histórico e dialético; Alfabetização.

Referências


AZEVEDO, N. C. Duas palavras e alguns dados. In: PINKEVICH, A. A educação na Rússia Soviética: teoria geral e educação pré-escolar. Tradução de Nelson Cunha de Azevedo. São Paulo: Argus, 1945. p. 1-3.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. 11. ed. Tradução de Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 2004.

BOLDIREV, N. Nueva orientacion de la escuela soviética. In: SUJOMLINSKI, V. La escuela soviética e el amor al trabajo: experiência de labor educativo en una escuela rural. Tradução de Sanches Esteban. Moscú: Academia de Ciencias Pedagógicas de la RSFSR, [19--]. p. 3-28.

BLAGONADEZHINA, L. V. Las emociones y los sentimientos. In: SMIRNOV, L. et al. Psicologia. Havana: Imprensa Nacional de Cuba, 1969. p. 355-382.

BRASIL. Ministério da Educação. IDEB 2005 e projeções para o BRASIL. 2005. Disponível em: . Acesso em: 10 nov. 2007.

LURIA, A. R. The functional organization of the brain. Scientific American, New York, v. 222, n. 3, p. 66-78, 1970.

LURIA, A. R. Curso de psicologia geral. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979. v. 4.

LURIA, A. R. Diferenças culturais de pensamento. In: VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 1988a. p. 39-84.

LURIA, A. R. O desenvolvimento da escrita na criança. In: VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 1988b. p. 143-190.

LURIA, A. R. The problem of the cultural behavior of the child. In: VAN DER VEER, R.; VALSINER, J. The Vygotsky reader. Cambridge: Blackwell, 1994a. p. 46-56.

LURIA, A. R. Curso de psicologia geral. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1994b. v. 1.

LURIA, A. R. Pensamento e linguagem: as últimas conferências de Luria. Tradução de Diana Myriam Lichtenstein e Mario Corso. Porto Alegre: Artes Médicas, 2001.

TATIT, P.; Derdyk, E. Palavra cantada 10 anos. São Paulo: Palavra Cantada, 2004. 1 CD ROM.

VIGOTSKII, L. S. La imaginación y el arte en la infancia. 4. ed. Madrid: Akal, 1998.

VYGOTSKY, L. S. A pré-história da linguagem escrita. In: ______. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1989. p. 119-136.

VYGOTSKI, L. S. Obras escogidas: problemas teóricos y metodológicos de la psicología. 2. ed. Tradução de José Maria Bravo. Madrid: Visor, 1997. t. 1.

VYGOTSKY, L. S.; LURIA, A. R. Tool and symbol in child development. In: VAN DER VEER, R.; VALSINER, J. (Ed.). The Vygotsky reader. Cambridge, USA: Blackwell, 1994. p. 99-174.

ZHINKIN, N. I. El Lenguaje. In: SMIRNOV, A. A. et al. Psicologia. Tradução de Florencio Villa Landa. 3. ed. México, D. F.: Grijalbo, 1969. p. 276-307.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

http://www.uff.br/periodicoshumanas/public/site/images/sssantan/apoio_03_2014_30_357