É o fechamento inadequado do lábio/palato (céu da boca) durante o desenvolvimento embrionário, formando uma abertura ou fissura.

Na fenda labial não ocorre o fechamento do lábio superior, o qual fica dividido em duas partes. Já na fenda palatina ocorre uma abertura direta entre o palato (céu da boca) e a base do nariz. As fendas labiais e palatinas atingem uma em cada 650 crianças que nascem no Brasil.

As fendas ou fissuras podem ser de vários tipos: fenda labial unilateral, fenda labial bilateral, fenda labial superior mediana, fenda labial inferior mediana, fenda palatina completa, fenda palatina bilateral e fenda palatina unilateral.

FOTOS