Eventos hoje!

Niterói
Quando Tipo de evento Descrição do evento Auditório Local de Realização
03/10/2018 - 18:00 até 16/04/2019 - 21:00
Exposição 43 anos do GTAR: "Ainda" em busca de um espaço Cultura

43 anos do GTAR: 'ainda' em busca de um espaço na Biblioteca Central do Gragoatá/UFF

A memória de lutas, ideias, resistências, amizades, dores e família que juntas constituem a força de um dos primeiros movimentos negros universitários do Brasil é apresentada na exposição "43 anos do GTAR: 'ainda' em busca de um espaço", aberta ao público na Biblioteca Central do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense. A mostra segue até o dia 16 de abril e integra o conjunto de ações comemorativas dos 25 anos da BCG/UFF, inaugurada em 25 de abril de 1994.

De acordo com a bibliotecária Angela Albuquerque, esta exposição pode ser considerada como um marco na história da BCG/UFF, por apresentar o pensamento social brasileiro a partir do negro: ele como sujeito da própria história. A mostra foi inaugurada em 3 de outubro passado, quando Angela assinava pela chefia da biblioteca. E, segundo ela, tem chamado bastante atenção pelo protagonismo do negro, em especial, o movimento feito no espaço acadêmico em um momento de altas complexidades.

A atividade faz parte de um projeto que busca visibilizar a existência do primeiro grupo de trabalho, no espaço acadêmico, sobre pesquisas e estudos dos negros brasileiros, surgidos na UFF, na década de 1970, sob a orientação da historiadora Beatriz Nascimento e apoio do sociólogo Eduardo Oliveira e Oliveira.

Durante todo o período da exposição até sua finalização em 16 de abril, professores, pesquisadores, estudantes e demais interessados podem agendar suas visitas com o guiamento dos curadores João Alipio Cunha, doutorando em Antropologia (Museu Nacional/UFRJ) e Sandra Martins, jornalista e mestra em História Comparada (IH/UFRJ). Ao fim da visitação, pode-se assistir, ainda, trechos do filme "Ôrí", de Raquel Gerber e roteiro e narração de Beatriz Nascimento. O documentário relata a atuação dos movimentos negros, no Brasil, entre os anos 1970 e 1980, encerrando a atividade com uma roda de conversa. O agendamento pode ser feito através do e-mail: expo43anosgtar@gmail.com.

O GTAR foi uma das vertentes do Movimento Negro do Rio de Janeiro que construiu um espaço de reflexões e ações em uma universidade pública em pleno período da ditadura militar, nas décadas de 1970/1980. Intelectuais como Marlene de Oliveira Cunha, Andrelino Campos, Maria Maia de Oliveira Berriel, Carlos Hasenbelg, são alguns dos personagens que lançaram, construíram, apoiaram e incentivaram jovens negras e negros a constituir aquele espaço/tempo quilombola.

Busca-se relembrar os seus pouco mais de 20 anos de atividades (1975/1995), e seu espraiar por outras trilhas até os atuais 43 anos de lutas, mobilizações, histórias e narrativas que constituem parte de uma história silenciada na Universidade Federal Fluminense.

O Cultne - Acervo da Cultura Negra - registrou os dois dias do seminário de lançamento da exposição nos dias 3 e 4 de outubro de 2018, a visitação guiada e disponibilizou os 22 (vinte e dois) vídeos em: http://www.cultne.com.br/. Visite também a página da exposição "43 anos do GTAR: 'ainda' em busca de um espaço" no facebook.com/exposicaogtar.

Serviço
O que?"43 anos do GTAR: 'ainda' em busca de um espaço"
Quando?
Até 16 de abril de 2019
Horário? 8h30 às 21h (de 18/03 a 16/04)

Agendamento de grupos: expo43anosgtar@gmail.com
Facebook: facebook.com/exposicaogtar

Rua Professor Marcos Waldemar de Freitas Reis, Campus do Gragoatá, Niterói, RJ, BR
18/03/2019 - 08:00 até 18/04/2019 - 22:00
Projeto Trote Cultural UFF - 18 anos Cultura

O Projeto Trote Cultural UFF completa 18 anos e a festa é para os calouros!

O Projeto Trote Cultural UFF, que é institucional, está completando 18 anos e é coordenado pela Pró-Reitoria de Graduação.
Neste semestre, conta com a participação de 57 Cursos de Graduação realizando atividades socioculturais com seus calouros.

Além disso, a equipe do projeto mobilizou com os estudantes a Campanha Calouro na Veia, para doação de sangue no Hospital Universitário Antônio Pedro. São ao todo 15 cursos que levarão seus calouros para doação de sangue ao longo do mês de março.

Veja no anexo a programação completa.

Rua Miguel de Frias, 09, Niterói, RJ, BR
21/03/2019 - 12:15 até 27/03/2019 - 14:00
Pré-Sal: a saga - A história de uma das maiores descobertas mundiais de petróleo Palestra

Palestra com o geólogo Marco Antonio Pinheiro Machado que trabalhou na investigação que levou à descoberta do pré-sal, apresentando essa façanha no livro recém-lançado Pré-Sal: a saga - A história de uma das maiores descibertas mundiais de petróleo (Editora L&PM, 2018). O público alvo da palestra: pesquisadores, professores e estudantes interessados no assunto e é de suma importância para a sociedade e a universidade por apresentar como foi a descoberta destas jazidas em águas profundas. 

Auditório Milton Santos Av. Gal. Milton Tavares de Souza, s/nº, Campus da Praia Vermelha, Niterói, RJ, BR