Letalidade

Este indicador mede a proporção de óbitos que ocorrem no total de casos de uma doença ou agravo à saúde. Ele é a medida do risco de óbito entre os doentes.
A letalidade expressa a gravidade de uma doença: quanto maior o número de indivíduos, acometidos por uma doença, que vão a óbito, mais grave ela é considerada. Ex: dengue hemorrágica x resfriado comum.

Há uma relação entre letalidade, mortalidade e incidência que se expressa da seguinte forma:

                         Mortalidade = Incidência x Letalidade

Para entender essa relação, imagine a seguinte população fechada hipotética, composta de 20 indivíduos suscetíveis.



A Incidência é a relação entre D e , no caso:
                                         D D D D D D D D D D
        Incidência = ----------------------------------------------- = 50%
                                

A Letalidade é a relação entre O e D, no caso:
                                                   OOOOO
        Letalidade = ---------------------------------------------- = 50%
                                           D D D D D D D D D D

A Mortalidade é a relação entre O e , no caso:
                                      OOOOO
Mortalidade = ---------------------------------------- = 25% (ou 50% x 50%)
                     

Essa relação é muito importante, pois, para a maior parte das doenças, é difícil calcular diretamente a incidência. A mortalidade, em função da existência do registro obrigatório do óbito, é um indicador mais facilmente obtido. A letalidade costuma ser um parâmetro estável para grande número de doenças e esta informação pode ser obtida através de revisão sistemática da literatura ou em estudos de base secundária (serviços de saúde), de realização relativamente fácil. Assim, estimativas indiretas do risco de ocorrência de doenças podem ser obtidas.

Voltar para o Índice