icone pessoasEu sou: Técnico | Docente | Estudante

Pensando o futuro

Se o contexto de criação da Universidade Federal Fluminense foi marcado no âmbito nacional pelo projeto desenvolvimentista da década de 1950, e internacional pela Guerra Fria, os últimos cinquenta anos construíram um futuro bem diverso daquele imaginado no passado.

O presente atual, caracterizado pela mundialização da economia, pela implosão das ideologias e pela crise de sustentabilidade do planeta, assinala o fato da universidade encontrar-se em uma “encruzilhada histórica”, tornando-se necessária sua transformação continua, reinventando-se a si própria, na busca de alternativas aos impasses do presente.

Importante discernir, sob a pressão da avassaladora modernidade técnica, cuja eficiência independe da moral, que a missão verdadeiramente universitária não pode abrir mão de valores éticos e humanistas. Como lembra Cristovão Buarque, um dos grandes pensadores sobre o tema no Brasil, "a universidade tem de entrar em sintonia com esse novo rumo, corrigindo o descompasso gerado por essa turbulenta virada de século".

Assim, se o olhar para o passado possibilita observar a plena identificação da UFF com a cidade de Niterói e com o interior fluminense, a comemoração implica vislumbrar o futuro através da atualização de seu projeto original.

A universidade, como lugar de produção de conhecimento e tecnologia, deve estar articulada com os grandes centros de saber, internacionalizando-se, isto é, integrando–se a uma rede mundial de produção e disseminação do conhecimento pelo planeta, com forte compromisso ético na sua reprodução, visando minorar os desníveis socioeconômicos entre os povos e estando a serviço da democracia e da paz. 

A UFF não pode ficar atrás nesse processo. Sua vocação original não deve ser empecilho, mas estímulo para a formulação de um projeto que atenda as novas demandas que o presente-futuro exige dos centros de saber, caminhando assim para um processo de internacionalização. Os resultados assegurarão tanto um futuro melhor para os seus alunos, como incidirão em um maior desenvolvimento do interior fluminense, integrando-o naquele processo, e ampliando, também, a própria visibilidade da UFF no cenário nacional e internacional.

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 05/01/2015 - 17:20