Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

UFF e representantes de outras instituições científicas do Rio de Janeiro pedem revisão de orçamento das federais

Em reunião com a bancada de deputados federais do Rio de Janeiro, o reitor na Universidade Federal Fluminense, Sidney Mello, e representantes de outras Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) do estado reivindicaram a liberação de 100% das verbas para 2017 e manutenção, para o exercício de 2018, do orçamento estabelecido em 2016, com valores corrigidos pela inflação.

Segundo o reitor, Sidney Mello, a solicitação procura garantir um patamar mínimo, necessário para o funcionamento das instituições, com orçamento para investimento de capital e para custeio das atividades mensais. “O pedido vem em momento crucial para as IFES, pois busca evitar a possibilidade de novo contingenciamento para o próximo ano, já sinalizada pelo Ministério da Educação. Em 2017, os institutos vêm sofrendo consequências sérias da crise financeira devido a repetidos contingenciamentos no repasse mensal”, afirmou.

A reivindicação das IFES tem como referência o posicionamento da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil (Andifes). A pauta tem o objetivo de garantir o funcionamento básico das instituições, impedindo, a evasão de estudantes, a desativação de laboratórios consolidados, desarticulação de equipes de pesquisa, o abandono da carreira acadêmica por parte de jovens e a acelerada “fuga de cérebros” das instituições.

É fundamental que se revise e assegure também a retomada dos investimentos em infraestrutura de ensino e pesquisa (com a conclusão das obras interrompidas) e a repactuação do custo de energia das universidades e institutos de pesquisa. É emergencial que se preserve a garantia da integralidade do orçamento das universidades e institutos federais de 2017, com suplementação emergencial para possibilitar o funcionamento regular das instituições.

Estiveram reunidos no Fórum de Instituições Públicas e da Sociedade Civil Democrática em Defesa do Patrimônio Científico, Cultural e Educacional brasileiro: Fórum Rio – Diálogos Críticos sobre a Crise Sidney Mello, reitor da UFF; Roberto Leher, reitor da UFRJ; Ricardo Berbera, reitor da UFRRJ; Carlos Henrique Alves, diretor geral do CEFET-RJ; Jefferson, diretor do IFF; Nísia Trindade Lima, presidente da Fiocruz; Augusto Gadelha, diretor do Laboratório Nacional de Iniciação Científica; Fernando Rizzo, diretor do Instituto Nacional de Tecnologia; Ronald Shellard, diretor do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas; e Jaqueline Correa, pró-reitora do Colégio Pedro II.

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Setor responsável: 
Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Últimas notícias

Não há nenhum conteúdo neste grupo.

Páginas

Subscrever Últimas notícias
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 15/09/2017 - 12:59