Categoria
Lançamento do livro "Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar"Editado primeiro em Portugal e agora no Brasil pela Eduff, "Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar", organizado por Walter Rossa e Margarida Calafate Ribeiro, será lançado nos dias 25 de janeiro, às 18h, na Livraria Icaraí, e 26 de janeiro, às 19h, na Livraria da Travessa de Botafogo. A obra reúne 18 artigos de autores de diferentes áreas de conhecimento que se debruçam sobre as muitas formas de se sentir e pensar o patrimônio. Seja na arquitetura, no cinema ou na fotografia, o objetivo é encontrar o ponto de interseção entre as mais variadas manifestações culturais e sociais de influência portuguesa. Do Brasil a Portugal, passando por Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé e Príncipe, a presença portuguesa deixou rastos na paisagem, nos costumes e mesmo no modo de sentir, que constituem um conjunto de percepções que se chama patrimônio. Fruto do trabalho de pesquisadores e colaboradores do doutorado Patrimônios de Influência Portuguesa da Universidade de Coimbra, a obra é uma construção coletiva da qual participaram como autores os professores da UFF Ana Maria Mauad, José Pessôa, Maria Fernanda Bicalho e Sílvio Renato Jorge.
Lançamento do livro "Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar"Editado primeiro em Portugal e agora no Brasil pela Eduff, "Patrimônios de influência portuguesa: modos de olhar", organizado por Walter Rossa e Margarida Calafate Ribeiro, será lançado nos dias 25 de janeiro, às 18h, na Livraria Icaraí, e 26 de janeiro, às 19h, na Livraria da Travessa de Botafogo. A obra reúne 18 artigos de autores de diferentes áreas de conhecimento que se debruçam sobre as muitas formas de se sentir e pensar o patrimônio. Seja na arquitetura, no cinema ou na fotografia, o objetivo é encontrar o ponto de interseção entre as mais variadas manifestações culturais e sociais de influência portuguesa. Do Brasil a Portugal, passando por Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé e Príncipe, a presença portuguesa deixou rastos na paisagem, nos costumes e mesmo no modo de sentir, que constituem um conjunto de percepções que se chama patrimônio. Fruto do trabalho de pesquisadores e colaboradores do doutorado Patrimônios de Influência Portuguesa da Universidade de Coimbra, a obra é uma construção coletiva da qual participaram como autores os professores da UFF Ana Maria Mauad, José Pessôa, Maria Fernanda Bicalho e Sílvio Renato Jorge.