UFF inaugura curso de idioma, história e cultura brasileiras para alunos estrangeirosA UFF, através da Superintendência de Relações Internacionais (SRI), reuniu, entre 29 de julho e 9 de agosto, alunos de sete países diferentes na primeira edição do Brazil: Life and Culture, curso de férias oferecido para seus estudantes estrangeiros e que tem como principal objetivo ensinar não só o ensino da língua brasileira como promover a cultura nacional, nos seus mais diferentes aspectos. Ao longo das duas semanas os intercambistas, oriundos de sete países: Eslováquia,  República Tcheca, República Dominicana, Benin, Argentina (2), Marrocos e Alemanha,  participaram de um curso intensivo de Português para Estrangeiros, além de aulas sobre Economia, Cultura, Arquitetura, Música, Geografia, de aulas práticas de futebol, forró e culinária brasileira. Ao final de cada semana também foram realizados passeios guiados pelos pontos turísticos das cidades de Niterói e Rio de Janeiro. “A importância dessa iniciativa é fortalecer as parcerias que já temos formalizadas com centenas de instituições acadêmicas ao redor do mundo. Receber alunos estrangeiros em nossa instituição faz parte de nosso plano de internacionalização, por isso a SRI pretende  oferecer esse curso anualmente”, ressalta Lívia Reis, superintendente de Relações Internacionais. A mestranda em arquitetura e integrante do curso de férias, Juliana Del Castillo, desembarcou há quatro meses no Brasil, e mostrou-se muito interessada pela cultura do país. Nascida no norte da  Argentina, a intercambista destacou os conteúdos que mais lhe interessaram durante as aulas. “O curso me ajudou muito a entender a história do Brasil, a cultura em geral como a música e a literatura. Também gostei bastante da aula de dança, é muito diferente da que tive contato em meu país”, destaca. Além disso, a grande diversidade de estudantes participando do curso de férias também surpreendeu Juliana. “Não estava acostumada a ter contato com pessoas de tantos países diferentes. Onde eu moro, de estrangeiros, só conheço gente da Bolívia ou das províncias ao redor da cidade, mas aqui pude conhecer alunos de muito longe, como a República tcheca e Marrocos.” Já para o outro integrante da turma e também mestrando em Arquitetura, Ray Fleury, “participar de aulas com alunos de outras nacionalidades não é muito diferente, é só uma questão de conhecer outras culturas”, garantiu. O intercambista acredita que o Brasil é muito semelhante ao seu país de origem, a República de Benin, no continente africano e por esse motivo teve um interesse especial pelo conteúdo apresentado na aula de história brasileira. “Receber estrangeiros é internacionalizar-se em casa”, Livia Reis. A professora de português do Instituto de Letras da UFF, Adriana Rebello, foi a responsável pelas aulas diárias de língua portuguesa oferecidas aos participantes. A docente, que tem 25 anos de experiência com alunos de outras nações, atentou-se para a importância do entendimento do idioma local para o convívio deles no país. “Quando o aluno estrangeiro vem pro Brasil, nós categorizamos isso como um estudo de línguas em imersão. Além de usar o idioma na comunidade acadêmica, ele precisa também interagir com a comunidade fora da universidade. Então, é fundamental o estudo da língua para conseguir fazer os trabalhos e também sobreviver na cidade”, explica. Assim, com foco no acolhimento desses estudantes, o Brazil: Life and Culture oferece bem mais aos participantes do que noções da língua portuguesa. Para Adriana, os diversos ensinamentos acerca da história e cultura nacional ajudam os intercambistas a construir uma visão mais completa sobre o país. “É importante que eles entendam o país como um todo. Então, o fato deles se familiarizarem com a língua e tudo que a envolve é fundamental para que compreendam como as coisas funcionam aqui, a cabeça do brasileiro, além de ter uma visão mais global da nossa cultura”. A superintendente Lívia Reis ressalta ainda que a intenção da UFF é tornar a internacionalização parte essencial de seu sistema educacional e para isso, fluxos de mobilidade são primordiais. “Alunos e professores que cumprem período de mobilidade em outros países se tornam mais conscientes da importância desse processo. As experiências adquiridas transbordam para seus colegas quando retornam à sua instituição de origem. Eles trazem consigo experiências, conhecimento, ideias, exemplos de melhores práticas, que enriquecem as salas de aula, os laboratórios, assim como os demais departamentos da universidade”. Assim sendo, ela conclui afirmando que “receber estrangeiros é internacionalizar-se em casa”.  
Eduff lança “Literatura e teatro” na Blooks de NiteróiOrganizada pelos professores André Dias e Elen de Medeiros, “Literatura e teatro: encenações da existência” (Eduff, 2018) reúne nove ensaios que refletem sobre as relações inerentes ao teatro e à literatura a partir das ideias de sociedade, cultura e existência. A coletânea explora o sentido de encenação e existência, conceitos que, na literatura, ganham interpretações mais aprofundadas, com personagens centrais que abordam o sentido da existência humana. Os autores, professores e pesquisadores da área de Letras, pensam desde a performance nas obras do americano Edgar Allan Poe à representação do “eu” no teatro brasileiro, passando por análises políticas e críticas dos temas escolhidos.  
Edital de Seleção para Vaga de Estágio em Letras (Português/Inglês)A Divisão de Comunicação Interna (DCI-SCS) está com uma vaga aberta para estágio interno em revisão de texto para alunos de Letras (português/inglês), a partir do 2º período. Inscrições abertas até 15/10.  
Perdidos & Achados – Ateliê de Tradução e CriaçãoO Núcleo de Tradução e Criação (NTC) do Instituto de Letras da UFF, campus Gragoatá, convida para o primeiro encontro de 2018 do Perdidos & Achados – Ateliê de Tradução e Criação. Vai ser nesta sexta-feira (13/4), a partir das 14h, na sala 414 do Bloco B. Neste dia, vamos conversar com o professor da UFRJ e tradutor Marcelo Jacques de Moraes sobre o seu livro recém-publicado "Língua contra língua" ­­(7Letras, 2017), que reúne textos seus dedicados à reflexão sobre a tradução, partindo sempre de sua experiência como tradutor literário e pesquisador da literatura francesa. Debatedores: Beethoven Alvarez e Carolina Paganine (UFF), Masé Lemos (UNIRIO). Não é necessário se inscrever. Damos certificados de horas para as atividades complementares.
Setor de Revisão da Eduff divulga resultado da seleção de estagiárioO Setor de Revisão da Eduff divulga o resultado da seleção para estágio interno não obrigatório destinado à seleção de estudante dos cursos de Jornalismo e Letras da UFF. O prazo para apresentação de recurso começa nesta sexta-feira, 23 de março, e vai até o dia 27 do mesmo mês. Confira a relação dos candidatos aprovados: 1.Layza Menezes Marques 2.Thainá da Silva C. Carungaba 3.Thaís Alessandra Souza Cardoso 4.Júlia dos Reis Rodrigues 5.Frederico Oliveira de Carvalho 6.Matheus de Castro Ramos Fialho 7.Flávio Vita de Carvalho
Setor de Revisão da Eduff lança errata e prorroga inscrições para estágio internoO Setor de Revisão da Eduff publica errata ao edital de estágio interno 2018 para o preenchimento de uma vaga voltada a graduandos dos cursos de Letras ou Jornalismo. O documento, que altera o endereço de envio das inscrições, traz ainda um novo cronograma com prorrogação do prazo para aqueles que desejarem se candidatar à vaga. Os interessados terão de 14 a 15 de março para enviar os documentos listados no edital para estagio_revisao@eduff.uff.br. Confira e errata e o edital completo.  
Eduff seleciona estagiários de diferentes áreasA Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) oferece quatro vagas de estágio para estudantes dos cursos de graduação em Estudos de Mídia, Jornalismo, Letras, Biblioteconomia e Documentação e Publicidade da UFF. A oportunidade faz parte do Programa de Estágio Interno promovido pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), por meio da Divisão de Estágio Interno.  Os interessados em concorrer às duas vagas destinadas a alunos de Estudos de Mídia, Jornalismo e Publicidade deverão acessar o edital da Seção de Comunicação e Eventos e se inscrever entre os dias 8 e 16 de março pelo e-mail comunicacaoeduff@gmail.com.   Alunos do curso de Biblioteconomia e Documentação da universidade podem se inscrever até 15 de março para se candidatar à vaga do edital do Setor de Editoração da Eduff. As inscrições serão aceitas pelo e-mail estagio_editoracao@eduff.uff.br. O Setor de Revisão da Eduff oferece uma vaga voltada a graduandos dos cursos de Letras ou Jornalismo. Os interessados terão de 12 a 13 de março para enviares suas inscrições para email revisao.estagio@eduff.uff.br.    Confira o edital da Seção de Comunicação e Eventos   Confira o edital de seleção Setor de Editoração   Confira o edital de seleção do Setor de Revisão  
Livro aborda teoria funcionalista da linguagemA coletânea “Funcionalismo linguístico: diálogos e vertentes” (Eduff, 230 pp, R$36), das organizadoras Mariangela Rios de Oliveira e Maria Maura Cezario, reúne nove capítulos voltados para a reflexão teórica e a análise empírica no âmbito das mais recentes pesquisas de cunho funcionalista, tanto a de orientação norte-americana quanto a europeia. A coletânea publicada pela Eduff reúne informações consistentes em termos teóricos e metodológicos de diferentes perspectivas dentro da linguística funcionalista para a compreensão da linguagem. Além disso, demonstra a aplicação dos modelos teóricos na análise de fenômenos da língua portuguesa, em particular. O livro é uma síntese acadêmica da III Silf - terceira edição do Simpósio Internacional de Linguística Fun¬cional. Realizado em 2015, no Instituto de Letras da UFF, o evento contou com a parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem da faculdade e o Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFRJ. Como uma referência para os que atuam na área da investigação funcionalista de ponta, Mariangela de Oliveira e Maria Cezario acreditam que “Funcionalismo linguístico” é de interesse para pesquisadores e alunos de graduação e de pós-graduação da área de Letras e áreas afins. Saiba como comprar.
XXIV Seminário de Estudos Clássicos da UFFXXIV SEMINÁRIO DE ESTUDOS CLÁSSICOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE (UFF) CRISES E TRANSFORMAÇÕES: ONTEM E HOJE CHAMADA PARA COMUNICAÇÕES ORAIS E MINICURSOS Estão abertas até 16 de julho as inscrições para comunicações orais e ofertas de minicursos no XXIV Seminário de Estudos Clássicos da UFF, que acontecerá em 27 e 28 de setembro de 2017, no campus Gragoatá, em Niterói (RJ). As inscrições são gratuitas. Confira as informações sobre os procedimentos de inscrição em https://www.facebook.com/xxivseminariodeestudosclassicosuff/ A conferência de abertura do seminário será proferida pelo Prof. Dr. Breno Sebastiani (FFLCH-USP): “A crise grega do século II a.C. e a reflexão de Políbio”. A conferência de encerramento do seminário será proferida pelo Prof. Dr. Matheus Trevizam (FALE-UFMG): “Crises e transformações nas Geórgicas de Virgílio”. Em sua 24ª edição, o Seminário de Estudos Clássicos da Universidade Federal Fluminense (UFF) abordará o tema “Crises e transformações: ontem e hoje”. O contexto internacional de massas de refugiados e de ascensão de lideranças beligerantes, combinado à instabilidade econômica, política e social no Brasil, sugere um desequilíbrio dos sistemas, numa configuração de crise global, que pode, no entanto, motivar transformações. Dessa forma, o evento pretende-se um espaço de discussão interdisciplinar sobre as experiências de crise no mundo antigo, seus lugares de memória e as interpretações possíveis de suas matrizes clássicas literárias e iconográficas. Breno Sebastiani é Professor associado de Língua e Literatura Grega do DLCV/FFLCH/USP e docente permanente do PPG em Letras Clássicas da USP. Bacharel e licenciado em História (1999), Mestre (2002/Fapesp) e Doutor (2006) em História Social e Livre-Docente (2016) pela USP. Tradutor de Políbio, História Pragmática, Perspectiva/Fapesp (2016). Matheus Trevizam é Professor associado na Faculdade de Letras da UFMG.  É bacharel e licenciado em Letras (Língua portuguesa e Literatura) pelo IEL-UNICAMP, mestre e doutor em Linguística pela mesma Instituição (Letras clássicas/Latim). Traduziu integralmente Ovídio ('Ars amatoria'), Varrão ('De re rustica') e Catão ('De agri cultura'). Idealizador, com o Prof. Dr. Paulo Sérgio de Vasconcellos (IEL-UNICAMP), da Coleção 'Bibliotheca Latina'.
Setor de Revisão da Eduff divulga resultado final da seleção de estagiárioO Setor de Revisão da Eduff divulga o resultado final, após o prazo de recurso, do processo seletivo para estagiário de Letras. Os estudantes aprovados, mas não classificados para a vaga atual, ficarão no cadastro de reserva para futuras oportunidades, até o fim do período do Programa de Estágio Interno 2017.   Resultado final: Ewerton Maciel Fagundes - desclassificado Mariana Moura Santos - aprovada e classificada Geovanny Luz dos Anjos Santos - aprovado Débora de Freitas Dias - aprovada Raquel Monteiro de Rezende - aprovada Hector Garcia de Andrade - aprovado Jessica Carla Carvalho David - aprovada        
Setor de Revisão da Eduff divulga resultado da seleção de estagiárioO Setor de Revisão da Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) divulga o resultado final da seleção de estagiário de Letras. O período para recurso vai de 22 a 24 de março. Candidatos aprovados por ordem de classificação: 1. Ewerton Maciel Fagundes - 8,125 2. Mariana Moura Santos - 8,0 3. Geovanny Luz dos Anjos Santos - 7,95 4. Débora de Freitas Dias - 7,65 5. Raquel Monteiro de Rezende - 7,0 6. Hector Garcia de Andrade - 6,95 7. Jessica Carla Carvalho David - 6,55