New Flow FestivalVem aí o New Flow Festival Primeira edição do maior evento de Niterói dedicado à Sustentabilidade acontece no Caminho Niemeyer e traz eventos como Pedal Sonoro e Rio EcoPets Nos dias 24, 25 e 26 de janeiro, o Caminho Niemeyer - um dos mais belos cartões postais de Niterói - será palco da primeira edição do New Flow Festival. Com entrada gratuita, e atividades e atrações para um público de todas as idades, o evento vem com a proposta de trazer soluções para um estilo de vida mais consciente e sustentável, através de um conceito inovador que une Educação, Arte e Entretenimento. O evento contará com um espaço de moda consciente com organizações importantes e globais como o Fashion Revolution e Supra, feira de troca, brechós e artesanatos locais. Foodtrucks, Feira de Orgânicos, Produtos Naturais e Veganos, estão entre as ofertas de alimentação. Para as crianças, haverá um Espaço Kids, destinado a educação criativa e sustentável com apresentações musicais e circenses, contação de histórias e diversas oficinas lúdicas. O festival terá ainda áreas para instalações artísticas visuais, sensoriais e interativas como live painting (pintura ao vivo) e o coletivo feminino Fértil, apresentações de músicos e bandas de diferentes estilos musicais; grupos de dança e performances. Além disso, o público poderá praticar diversas atividades livres como aulas de dança, ioga, coletivo de patinação e o Pedal Sonoro - coletivo de ciclistas urbanos, integrado por voluntários, com objetivo de promover a utilização da bicicleta como meio de transporte e colaborar para a sustentabilidade, entre outras atividades. O New Flow Festival insere a cidade no roteiro mundial de movimentos voltados para a Sustentabilidade. O tema está em alta devido à sua importância global, mostrando o quanto é necessário que empresas, instituições e departamentos públicos se envolvam e apoiem projetos com este foco. Pioneiro na esfera cultural de Niterói, o festival apresenta uma visão positiva e inspiradora sobre o universo sustentável e seus diferentes temas, promovendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável –ODS's, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas - ONU. A empresária e consultora em moda sustentável, Luísa Barros e a arquiteta e produtora de eventos Amanda Mella - idealizadoras e realizadoras do evento - contam que o objetivo do New Flow Festival é de abrir espaço para pequenas iniciativas e mostrar quem vem trabalhando para um futuro mais sustentável e consciente. “Queremos criar conexões para que as pessoas repensem seu estilo de vida, e promover encontros para empresas que querem se adequar a projetos neste sentido. Crescer juntos é essencial, pensando na natureza e na economia local. Eu acredito em um futuro colaborativo”, afirma Luísa. Amanda Mella define Sustentabilidade como começar a olhar para dentro de si e entender como viver da melhor forma, consigo mesma, com a sociedade e sua terra. "Sustentabilidade é ressignificar. O que mais gosto de festivais é a experiência que traz pra nossa vida. Um evento desse em Niterói, unindo o conceito de troca, nesse equipamento urbano e arquitetônico tão único, é um impacto por si só. Tenho certeza que uma sementinha de muitas faces será plantada", comenta. Mais do que um evento realizado em Niterói, o festival é “de Niterói”: com objetivo de promover a cidade, gerar trabalho e renda, fomentar a cultura e trazer informação, a equipe do New Flow Festival é formada por mais de 80% de colaboradores locais - entre produtores, expositores, artistas, apoiadores, voluntários e articuladores. Para participar do New Flow Festival, basta realizar um cadastro gratuito no site https://www.newflowfestival.com/. A organização pede para que o público colabore com 1kg de alimento não perecível, que será doado posteriormente para o Banco Municipal de Alimentos Herbet de Souza, no Centro da cidade e para os projetos sociais que farão parte do evento. Para saber mais, acompanhe o Instagram do evento: @newflow.festival O New Flow Festival conta com recursos captados através da Lei de Incentivo à Cultura de Niterói. O evento tem apoio da Ecoponte, do Caminho Niemeyer, da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade de Niterói; apoio institucional da UFF Sustentável; apoio de mídia da Nova; apoio de campo do Coleta Certa; parceria institucional do Instituto Qualivida; e realização do Muv e Nosso Closet Clube. New Flow Festival Dias 24, 25 e 26 de Janeiro de 2020 Horário: de 10h à meia noite Local: Caminho Niemeyer, Rua Jornalista Rogério Coelho Neto, s/n - Centro, Niterói (a apenas 5 minutos da estação das Barcas e do Terminal Rodoviário João Goulart) ENTRADA GRATUITA, com pré-inscrição no site: https://www.newflowfestival.com/ ou presencial no dia do evento. Classificação Livre Link para o press kit completo: http://bit.ly/2r365Dl  
Orquestra Sinfônica Nacional UFF tem uma sessão gratuita do OSN Cine com o filme Ganga Bruta O 4º Festival de Cinema do BRICS, que está sendo acontecendo de 23 de setembro a 9 de outubro, é uma realização da Universidade Federal Fluminense (UFF), com a cooperação da Prefeitura Municipal de Niterói, apoio institucional da Agência Nacional de Cinema (Ancine) e patrocínio da Secretaria Especial da Cultura, do Ministério da Cidadania. Dentro do Festival – que reúne produções e atividades voltadas para o campo do cinema realizado pelo membros do grupo BRICS - Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – estão programadas três sessões do OSN Cine, projeto no qual será exibido o filme Ganga Bruta e, simultaneamente, a Orquestra Sinfônica Nacional UFF executará a trilha sonora ao vivo, composta por Radamés Gnattali (1906 - 1988), um dos grandes nomes da música de concerto brasileira. O regente das apresentações do OSN Cine é o maestro convidado Thiago Santos, que comandará a Orquestra nos dias 4 de outubro, às 19 horas; e 5 e 6 de outubro, às 10h30. No dia 4, sexta-feira, a sessão terá ENTRADA GRATUITA para todos, mediante retirada de senhas uma hora antes do espetáculo. As sessões dos dias 5 e 6 estão com preços populares: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).   Projeto OSN Cine - filme + Orquestra Ganga Bruta Brasil, 1933, 82', 14 anos De Humberto Mauro Com Déa Selva, Durval Bellini, Lu Marival e Décio Murilo Dias 4 a 6 de outubro de 2019 Sexta | 19h, sábado e domingo | 10h30 Local: Cine Arte UFF Rua Miguel de Frias 9, Icaraí, Niterói Classificação etária: 14 anos Com a Orquestra Sinfônica Nacional UFF tocando a trilha sonora do filme ao vivo, dentro do Festival Internacional de Cinema do Brics Regência: Thiago Santos Outras informações sobre o projeto OSN Cine no site www.centrodeartes.uff.br . 
Festival Tarde Africana, 1ª ediçãoNo dia 10 de outubro, às 12 horas, será realizada a primeira edição do Festival Tarde Africana! O tema do evento será “Identidade e Memória”. O intuito é mostrar a diversidade africana e fomentar essa cultura nas comunidades e arredores de Niterói, aproveitando a experiência dos afrodescendentes.  O importante é ter uma integração artística e, ao mesmo tempo, promover ações em defesa da liberdade religiosa, da diversidade e pluralidade culturais. É um movimento para desconstruir a ideia estereotipada que se prega sobre o continente africano e para compartilhar conhecimentos sobre a sua contribuição e influência na formação da nossa identidade e memória. O festival terá  representantes de diversos  países como Quênia, Nigéria, Gana, Gabão, São Tomé e Príncipe, Senegal, Congo Democrático, Cabo Verde, Costa do Marfim, Togo, Benin, Guiné Bissau, Moçambique e Angola. Programação: Músicas; Danças; Exposições de artes plásticas; Feira de empreendedorismo negro; Poesias; Oficinas de tranças; Desfile de moda; Gastronomia africana e brasileira; Artesanato; Percussão. O evento será realizado, semestralmente, pela UEA-UFF. *doação de 1kg de alimento não perecível.
4º Festival de Cinema do BRICSO Festival de Cinema do BRICS reúne produções e atividades voltadas para o cinema dos membros do grupo – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul –, com edições anuais intercaladas entre os cinco países. Desta vez, o Brasil será o organizador do 4º Festival de Cinema do BRICS, entre os dias 23 de setembro e 9 de outubro deste ano. O evento, com sede em Niterói, conta com a realização do Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense (UFF), cooperação da Prefeitura Municipal de Niterói, apoio institucional da Ancine e patrocínio da Secretaria Especial de Cultura do Ministério da Cidadania. As atividades irão ocorrer no Instituto de Arte e Comunicação Social, no Centro de Artes UFF e no Reserva Cultural. Saiba mais em: https://bricsfilmfestival.com.br/ Instagram: www.instagram.com/4bricsfest/ Facebook: www.facebook.com/4bricsfilmfestival
Programação Tenda das Artes / Expressa UFF na Agenda AcadêmicaA Agenda Acadêmica, que acontece em outubro, contará com uma novidade voltada para os servidores UFF: a Tenda das Artes/Expressa UFF. Toda a comunidade é bem-vinda. Oficina de alogamento, yoga, roda de conversa sobre assédio e outros são algumas das atividades que acontecerão nestes dois dias de evento. Confira a programação e participe!
Celebração 50 anos IACSNo ano de 1968, diversas ações institucionais culminaram na criação do Instituto de Arte e Comunicação Social, do curso de Cinema e do CineArte UFF. Em setembro daquele ano, Nelson Pereira dos Santos inaugurou o CineArte UFF e anunciou o embrião do que seria o atual curso de Cinema, então uma das habilitações do curso de Comunicação Social. Neste mês de setembro comemoramos nosso Jubileu, com eventos que retomam e entrelaçam os anos 1968-2018 e percorrem a memória destes 50 anos. Teremos exibição de vídeos, exposição fotográfica, peça teatral, oficinas e apresentações musicais. Você é nosso(a) convidado(a)! Acompanhe nossa programação pelo Facebook
2º Festival Conexões Musicais traz concertos ao IACS e ao Centro de Artes UFFO 2° Festival Conexões Musicais será realizado na Universidade Federal Fluminense e terá como foco principal a música de concerto e suas variedades de repertórios e formações instrumentais. Os locais que contarão com eventos são o Instituto de Artes e Comunicação Social (IACS) e o Centro de Artes UFF. As atividades pedagógicas serão diárias, no período da manhã e à tarde - com ensaios, aulas, palestras, oficinas e master classes - dos quais vão participar centenas de crianças, jovens e adultos de todo o Brasil. O festival recebeu mais de 600 inscrições, entre músicos amadores, estudantes e profissionais. Os docentes são músicos e professores da Orquestra Sinfônica Nacional UFF, do Instituto Villa-Lobos da UNIRIO, do Quarteto de Cordas da UFF e do Grupo Música Antiga da UFF, além de professores convidados. Haverá também uma programação intensa de concertos, incluindo o de encerramento, ao qual se sucederá a Feira Medieval, ambientada nos Jardins da Reitoria da UFF, com música, dança, pessoas fantasiadas, barracas de cerveja, hidromel, comidas típicas, artesanato e muito mais. Todas as atrações serão abertas ao público com entrada franca. 2º Festival Conexões Musicais homenageia o compositor Edino Krieger Edino Krieger é uma referência para musicistas e estudiosos de música por sua consagrada trajetória profissional, de forte cunho socioeducativo, e que percorre as múltiplas dimensões de crítico, produtor musical e compositor. Seu trabalho é marcado pela compreensão da importância da música na educação e para a inserção dos indivíduos nas problemáticas da vida e do mundo. Na Orquestra Sinfônica Nacional da UFF, atuou como assessor e diretor musical, membro do conselho artístico e regente assistente, a convite de Francisco Mignone, primeiro maestro titular da OSN UFF. Considerado de importância fundamental para o desenvolvimento e preservação da música brasileira, particularmente dos períodos colonial e contemporâneo, levando muitos estudiosos a dividir a produção musical brasileira em duas fases: antes e depois de Edino Krieger. Anote na agenda: Orquestra Sinfônica Nacional UFF (22 de julho) 10h30 | Cine Arte UFF Concertos (23 a 27 de julho): 13h30 | IACS (Sala Interartes) 17h | Jardim da Reitoria da UFF 18h30* | Teatro da UFF *(no dia 23/07, excepcionalmente, a atividade se iniciará às 18h, com a conversa com Edino Krieger) Concertos (28 de julho): 13h30 | Teatro da UFF 17h | Jardim da Reitoria da UFF 18h | Espaço UFF de Fotografia Paulo Duque Estrada 19h30 | Teatro da UFF Concerto de Encerramento Orquestra Sinfônica do Festival (29 de julho): 10h30 | Cine Arte UFF Feira Medieval (29 de julho): 12h30 - 19h | Jardim da Reitoria da UFF   A programação completa pode ser encontrada em http://www.centrodeartes.uff.br/2festival-conexoes-musicais/.
Cine Arte UFF recebe o Festival Varilux de Cinema Francês 2018 no mês de junhoDe 7 a 27 de junho, em 69 sessões abertas ao público, o Festival Varilux de Cinema Francês traz o melhor do cinema francófono para a tela do Cine Arte UFF, em Icaraí. Em sua nona edição, estarão em cartaz vinte filmes longas-metragens inéditos e o clássico Z, de Costa-Gavras. No dia 7, quinta, às 16h20, o Cine Arte UFF terá a sessão especial do filme Primavera em Casablanca, seguida de debate com o diretor Nabil Ayouch e a atriz Maryam Touzani. Os ingressos custam R$ 14 e R$ 7 (meia). Entre as produções, destacam-se três filmes da nova geração francesa de cineastas, chamada várias vezes pela crítica de “nouvelle garde”: “Custódia” (Jusqu’ à la garde), de Xavier Legrand, que acompanha a disputa entre um casal pela guarda do filho. O longa foi vencedor do Prêmio de Melhor Direção e Melhor Primeiro Filme no Festival de Veneza. “A Excêntrica Família de Gaspard” (Gaspard va au mariage), de Antony Cordier, comédia melancólica sobre o adeus à infância, desejo e tempo. “O Poder de Diane” (Diane a les Épaules), de Fabien Gorgeart, em que uma mulher concorda em gerar o filho de um casal de amigos homossexuais, abordando com humor e ternura a temática dos novos modelos familiares. Haverá ainda duas sessões gratuitas para escolas públicas convidadas, no projeto Cine Escola. Seguindo a tradição de exibir um clássico do cinema francês, o Festival Varilux apresenta um marco do cinema político mundial: “Z”, de Costa-Gavras. O filme-denúncia completa 50 anos de sua filmagem e foi inspirado no assassinato do deputado pacifista grego Lambrakis, cuja investigação foi encoberta por uma rede de corrupção e ilegalidade. O Festival Varilux de Cinema Francês é a maior mostra de filme em língua francesa do mundo, alcançando a marca de 180 mil espectadores no ano passado. Ainda em 2017, quando o Cine Arte UFF foi a única sala de Niterói a exibir o festival, o espaço foi o segundo cinema mais procurado pelo público do festival em todo o Brasil. Mais informações e a programação completa em: http://www.centrodeartes.uff.br/noticias/festival-varilux-de-cinema-frances-2018/
Música Livre: bandas Biltre e Tereza no Teatro da UFFO projeto Música Livre, que teve início em 2017, continua sua programação em 2018, abrindo o ano com duas bandas: Tereza e Biltre. Cada uma delas se apresentando separadamente no palco da UFF no dia 18 de janeiro, às 20 horas, mas o público pagará pelo valor de um único ingresso, que custará R$30 (inteira) ou R$15 (meia). Ou seja, dois shows pelo preço de um. Banda Tereza - A Tereza nasceu em 2009, a partir da união de cinco amigos de infância: Mateus Sanches, João Volpi, Sávio Azambuja, Vinícius Louzada e Rodrigo Martins. O nome da banda é uma homenagem a Tereza Monnerat, a garota mais bonita do colégio em que eles se conheceram.  Banda Biltre - Um dos principais nomes da cena contemporânea do Rio de Janeiro, a Biltre reflete o que há de mais carioca na cidade: a irreverência. Com letras afiadas, humor ácido ou músicas simplesmente mergulhadas na brincadeira - quase revertidas em canções-memes -, a banda faz sucesso com a juventude da cidade, chegando a reunir duas mil pessoas em seus populares shows na rua. A Biltre é composta por Arthur Ferreira, Dioclau Serrano, Diogo Furieri e Vicente Coelho. Música Livre é um projeto criado em 2017, com o objetivo de divulgar artistas locais e valorizar os talentos da nova geração da música.    
Territórios da arte - Interculturalidades 02/10 - CENTRO DE ARTES UFF 18h - Abertura institucional Abertura das exposições “Mapas Afetivos” Curadoria Pierre Crapez Artistas Ya Juste Maria Gemma Werne Juliana Crispe Mariane Monteiro Luiz Bhering Thyago dos Santos Barbosa com a participação das Rendeiras de Sambaqui (SC), Guapo (MT), Cordel de Edmilson Santini (PE/RJ), Nado Gonçalves e Renata Apgaua (Bernúncia e Boi de Mamão), Cristina Magdaleno (SC) Apresentações de Carimbó de Icoaraci (PA) e Arrete (Hip Hop - PE) Galeria de Arte UFF - Leuna Guimarães dos Santos “Cidadepaisagem” Luiz Bheing e Mariane Monteiro​ Curadoria Pierre Crapez Espaço UFF de Fotografia Paulo Duque Estrada Degustação Intercultural Curadoria Gastronômica Rodrigo Cotrim de Carvalho Com Regina Tchelly   03/10 - Gragoatá - Centro de Artes – IACS Gragoatá FEIRA INTERCULTURALIDADES | 16h às 22h 09h30 - Espaço Tenda Gragoatá Roda de Conversa Processos Colaborativos em Arte: Dinâmica dos Coletivos Coordenação: Leonardo Guelman, Maristela Rangel, Luiz Mendonça, Elis Miranda, Pedro Gradella e Mônica Dias. 10h - Centro de Artes UFF Oficina de Renda de Bilro com grupo de rendeiras de Sambaqui (Florianópolis) e contação de histórias por Cristina Magdaleno 13h - Sala Interartes - IACS Cine-debate: coletivo Rua da Poesia 14h - IACS Oficina Coletivo - Deu na Telha 14h - Espaço Tenda Gragoatá Roda de conversa Direitos Culturais: resistências estéticas afirmativas nas comunidades e periferias Mediação: Mônica Dias Participantes: Jeff Barbosa (MC - BA), Thainã de Medeiros (Papo Reto), Marcelle Decothé (Anistia Internacional), Verissimo Jr. (Grupo Teatro da Laje - RJ), Ester Moreira (Funarte-SP) e MC Dall Farra (RJ). 15h - Sala Interartes - IACS Cine-debate: Coletivo Manas 16h - Espaço Tenda Gragoatá Batalha do Conhecimento com MC Dall Farra e coletivo Rap da Ponte 17h - Centro de Artes UFF (Teatro da UFF) Abertura do Colóquio “Modos de ser sul” com Zé Celso Martinez 17h - Espaço Tenda Gragoatá Roda de Conversa - Territórios sonoros Mediação: Marcos Souza (Funarte) Participantes: Guapo (MT), Rai (PA), Fred Zero Quatro (PE), Rogério Gulin (PR) e Nelson Sargento (RJ) 20h - Espaço Quadra Gragoatá Homenagem a Nelson Sargento Roda de samba Candongueiro com a presença de Nilze Carvalho, convidados e o sambista homenageado   04/10 - Gragoatá – IACS Gragoatá FEIRA INTERCULTURALIDADES | 16h às 22h 09h30 - IACS Oficina Audiovisual - Coletivo Aningapara (primeira parte) 10h - Espaço Tenda Gragoatá Oficina de Boi de Mamão com Nado Gonçalves (SC) e Renata Apgaua 13h - Espaço Tenda Gragoatá Vivência - Celebremos o fogo e não as cinzas: MANDIOCA, a rainha do Brasil com Auda Piani (PA) 14h - Espaço Tenda Gragoatá Roda de Conversa AmazôniaS Mediação: Wallace de Deus (UFF) Participantes: José Ribamar Bessa Freire (UERJ), Kátia Brito (Encenadora, atriz, roteirista e pesquisadora em artes cênicas - RJ), Carlos Walter Porto Gonçalves (UFF), Marcia Wayna Kambeba (geógrafa, poetisa e cantora - PA) e Yara Costa (Diretora, coreógrafa, intérprete, produtora e professora pesquisadora em dança - AM) 14h - IACS Oficina Audiovisual - Coletivo Aningapara (segunda parte) 16h - Espaço Tenda Gragoatá Conversa sobre Feminismo - Coletivo #VEM 17h - Espaço Tenda Gragoatá Oficina de Dança - Ritmos do Carimbó com Bárbara Vento e Carimbó de Icoaraci 18h - Espaço Quadra Gragoatá Baile Ujimagang 20h - Espaço Quadra Gragoatá Apresentação Musical Dona Onete   05/10 - Gragoatá - Centro de Artes – IACS Gragoatá FEIRA INTERCULTURALIDADES | 16h às 22h 09h30 - Sala Interartes - IACS Oficina Cartografias da Cidade - Coletivo Eu Quero Circular 09h30 - Espaço Quadra Gragoatá Vivência - Coletivo das Minas 10h - Espaço Tenda Gragoatá Mini-curso Tecnologia Social com Mãe Beth de Oxum seguido de roda de conversa com Mãe Márcia de Oxum (São Gonçalo) e Alessandra Roque (Morro da Providencia) 14h - Espaço Tenda Gragoatá Roda de Conversa Direitos da Cultura: A cidade por direito Mediação: Pedro Gradella (UFF) Participantes: Luciana Medeiros (Circular Campina, Holofote Virtual - PA), Maria Thereza Azevedo (Coletivo À Deriva - MT) João Grand Jr (Rede de Roda de Samba) e Luis Araújo (Pedal Sonoro) 16h - Espaço Tenda Gragoatá Coletivo TransParente - Artes Cênicas 16h - Centro de Artes UFF (Cine Arte UFF) Documentário “Bike vs Cars” 17h30 - Espaço Tenda Gragoatá Coletivo Construção 18h - Espaço Quadra Gragoatá Encontro de Dj`s Coletivo Transeunte e Dj Tatá Ogan 20h - Espaço Quadra Gragoatá Apresentação Musical Mundo Livre S.A   06/10 - Gragoatá – IACS Gragoatá FEIRA INTERCULTURALIDADES | 16h às 22h 09h - Sala Interartes - IACS Cine-debate - Coletivo V V 09h30 - Espaço Tenda Gragoatá Roda de Mestres - Encontro de Saberes - UFF José Roberto Braga Alves, Tata Ia Nkisi Luazemi (Nova Iguaçu), Antônio do Nascimento (Líder Quilombo São José), Luciana da Silva (Jongo Quilombo de Santa Rita do Bracuí), Cacique Augustinho (Pajé da aldeia Araponga), Marciana Pará Mirim (Parteira da aldeia Araponga), Altamiro dos Santos (Líder Caiçara de Cajaíba), Benedita dos Santos (Líder Caiçara de Cajaíba), Osvaldo Sena “Kotoquinho” (Presidente da Associação dos Afoxés -RJ) e Edmilson Santini (Cordelista e Poeta) 11h - Praia do IACS - IACS Oficina de stencil - Coletivo V V 11h - Sala Interartes - IACS Cine-debate - Coletivo de Estudantes Negros da UFF 13h - Espaço Tenda Gragoatá Oficina Brinquedos Populares com Schirley França 13h - Sala Interartes - IACS Cine-debate - Etnográficos do Gragoatá 14h - Espaço Tenda Gragoatá Roda de Conversa - Guardiões da memória Mediação: Maristela Rangel (Funarte) Participantes: Dante Gastaldoni (jornalista e cientista social - RJ), Rita de Cássia Santos Pinto (Responsável pelo núcleo de Pesquisa, acervo e memória do Museu de Favela - RJ) e Claudia Rose Ribeiro da Silva (Diretora do Museu da Maré - RJ) 14h - Espaço Quadra Gragoatá Oficina Afojubá - Dança Afro com Clemente Soares (Mestre Tininho), Ana Carla Morais (dançarina e coordenadora pedagógica), Sandro Santana (percussão) 15h - Sala Interartes - IACS Cine-debate - Cafuné na Laje 16h - Espaço Quadra Gragoatá Encontro dos Tambores Mestre Ogan Kotoquinho, Mestre Rai/Carimbó de Icoaraci (PA), Mãe Beth de Oxum/Coco (PE), Mestre Leandro/Jongo da Machadinha (RJ), Rodrigo Rios/Jongo Folha de Amendoeira (RJ) 18h - Espaço Quadra Gragoatá Coletivos Samba de Coco São Gonçalo e Tambor de Cumba 20h - Espaço Quadra Gragoatá Apresentação Musical Lia de Itamaracá   07/10 - CENTRO DE ARTES UFF 10h às 13h - Varanda Oficina de Modelagem de ecojóias em cerâmica artística com Val Genú (PA) 14h - Varanda Roda de Conversa Tradição, Cultura e Infância Participantes: Adriana de Holanda (Semente de Jurema - RJ) Sandro da Silva (Quilombo Cafundá Astrogilda) e Carlos D Medeiros (Folia de Reis Mirim - Morro da Formiga - RJ) 14h às 16h - Jardim Oficina de Turbante seguida de debate Coletivo África em nós 16h - Varanda Roda de Capoeira do Coletivo Ilê de Angola com Mestre Formiga e convidados 16h - Jardim Espetáculo do Coletivo Lamparinas 17h - Jardim Coletivo Nação Hip Hop - Petropolis 18h - Varanda Espetáculo teatral “Naquele Ponto” - Grupo Pulso 19h - Teatro da UFF Apresentação Musical Naldinho Freire e Cátia de França   08/10 - CENTRO DE ARTES UFF FEIRA INTERCULTURALIDADES | 10h às 18h 10h - Cine Arte UFF Concerto Orquestra de Cordas da Grota Do Barroco ao Barraco 11h - Teatro da UFF “Simbá, o Marújo” com Cris Pizzotti 14h - Jardim Apresentações Coletivo Mala de Mão Coletivo CLIC GRAVE Coletivo 16h - Jardim Apresentações e oficinas da Escola Nacional de Circo Funarte 18h - Jardim Música Antiga da UFF e Circo do Porto 20h - Teatro da UFF Apresentação Musical Mestre Vieira e Guitarrada Paraense   Endereços Centro de Artes UFF R. Miguel de Frias, 9 - Icaraí, Niterói - RJ Campus Gragoatá R. Alexandre Moura, 8 - São Domingos, Niterói - RJ Sala Interartes Instituto de Arte e Comunicação Social (IACS) Rua Lara Vilela, 126 - São Domingos, Niterói - RJ
Inscrição para o Engecine: Festival de Curtas da Escola de EngenhariaDurante a Semana de Engenharia, como proposta de integração dos cursos, assim como da arte e ciência, ocorrerá o Engecine, um festival de curtas produzidos por alunos, tecnicos ou docentes da universidade. As inscrições vão até dia 31/08 e podem ser feitas pelo site do evento. TÍTULO: ENGECINE: FESTIVAL DE CURTAS DA ESCOLA DE ENGENHARIA DATA: 25 DE OUTUBRO DE 2017, QUARTA-FEIRA HORÁRIO: 17h00 LOCAL: AUDITÓRIO DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UFF – RUA PASSO DA PÁTRIA, Nº 156, BLOCO D, SALA 330 - Auditório, SÃO DOMINGOS, NITERÓI/RJ. INSCRIÇÕES ATÉ 31/08!
1° Festival de Cultura Estudantil Telma Regina da UFFNos dias 11 a 12 de Março no polo da UFF de Nova Friburgo será realizado o 1° Festival de Cultura Estudantil Telma Regina da UFF . A produção é formada através do Diretório Central dos Estudantes Fernando Santa Cruz - DCE UFF em parceria com o Circuito Universitário de Cultura e Arte da União Nacional dos Estudantes - CUCAdaUNE e acontece junto com o 7° Congresso dos Estudantes da Universidade Federal Fluminense – 7° ConEUFF com o tema “A UFF que queremos”. O festival pretende reunir as mais diversas linguagens, como artes visuais, artes cênicas, música, audiovisual, poesia, arte urbana, das produções artísticas e culturais produzidas no seio da universidade federal fluminense e leva-las ao publico dos estudantes e da cidade na qual a UFF está inserida. O Festival Telma Regina além de produzir um catalogo com as apresentações afim de divulgar e preservar a memoria desses agentes culturais, vai lançar o "Banco de dados permanente de artistas e agentes culturais da UFF". Uma iniciativa que pretende mapear a nossa produção na UFF. Para a diretoria de Cultura da UNE Mel Gomes, o festival representa uma nova reorganização da cultura pela construção de um novo olhar do Movimento Estudantil. Esses festivais para a UNE são essenciais, assim como as intervenções artisticas, para se debater uma nova politica a partir da valorização cultural na sociedade. Um nova cultura, para um nova sociedade. Para Felipe Garcez, do Diretório Acadêmico de Produção Cultural da UFF e integrante da produção do Festival Telma Regina, essa é uma iniciativa com um grande potencial transformador: reunir a produção artística estudantil para potencializa-las. É um esforço coletivo de romper as barreiras da distribuição artistisca submetida apenas ao mercado. Quem quiser mais: INSCRIÇÃO PARA O I FESTIVAL DE CULTURA TELMA REGINA Até 09/03 - artes visuais, artes cênicas, música, audiovisual, poesia, arte urbana - inscrição e outras informações no site: http://7coneuff.wordpress.com Realização, DCE UFF Fernando Santa Cruz Co-Realização: CUCAdaUNE Apoio: UNE UFF Prefeitura de Friburgo Secretaria de Cultura de Friburgo Quem foi Telma Regina. Segue: http://ditaduraverdadesomitidas.blogspot.com.br/2011/07/telma-regina-cordeiro-correa.html