Logotipo da UFF

subjetividade

Organizado por Luis Antonio Baptista e Marcelo Santana Ferreira, o livro “Por que a cidade? Escritos sobre experiência urbana e subjetividade”(Eduff, 2012) trata das interpretações da vida social das cidades às categorias das ciências humanas, assim como sobre as implicações dos profissionais psi diante das questões urgentes suscitadas pelas metrópoles contemporâneas. 

Organizada pela professora Ida Alves, “Páginas paisagens Luso-brasileiras: estudos literários” reúne estudos teórico-críticos sobre a paisagem como estrutura de sentido na literatura de língua portuguesa, sob a perspectiva da crítica temática contemporânea.

A partir do diálogo com a psicanálise e outras áreas, os autores refletem sobre a problemática do racismo no Brasil, na coletânea “Racismo, capitalismo e subjetividade”, recém-publicada pela Eduff. Organizada pelos professores Marília Etienne, Marcelo Coelho e Sandra Cabral, a obra traz na capa a foto "Pés”, de Sebastião Salgado.

 

Organizada pelos psicólogos Rogerio Quintella, Leonardo Almeida e Crisóstomo Nascimento, a coletânea “Subjetividade” (Eduff, 2017) propõe uma interface entre a psicologia e outros campos do saber. Com a crescente investigação sobre a subjetividade humana, os 12 textos e o post-scriptum presentes na obra fazem uma reflexão teórica, crítica, metodológica, clínica e política em torno do tema.

Organizada pelos psicólogos Rogerio Quintella, Leonardo Almeida e Crisóstomo Nascimento, a coletânea “Subjetividade” propõe uma interface entre a psicologia e outros campos do saber. Com a crescente investigação sobre a subjetividade humana, os 12 textos e o post-scriptum presentes na obra fazem uma reflexão teórica, crítica, metodológica, clínica e política em torno do tema.

Subscrever subjetividade