Redes sociais

As redes sociais têm transformado os processos de comunicação e influenciado o cotidiano das pessoas e a forma como se relacionam no meio virtual. Mas se a vida é afetada pelo advento das novas tecnologias, como fica a experiência da morte nessas novas redes? É o que investiga a professora e jornalista Renata Rezende, no livro “A morte midiatizada” (Eduff, 2016), disponível agora em formato de e-book, para download gratuito.

"Redes sociais, tolerância, saúde mental/inteligência emocional na universidade e no trabalho" - Roda de Conversa “A raiva e a intolerância são as inimigas gêmeas da compreensão correta.” ― Mahatma Gandhi

As novas tecnologias vêm transformando os processos comunicacionais e influenciando o cotidiano das pessoas. Mas como o advento das redes sociais tem atualizado a experiência com a morte? A resposta Renata Rezende tenta responder no livro “A morte midiatizada” (Eduff), que será lançado nesta quinta-feira, 31 de março, às 19h, na Livraria da Travessa de Botafogo, na Rua Voluntários da Pátria, 97, Botafogo, Rio de Janeiro.

Subscrever Redes sociais