Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Prevenção

UFF Angra dos Reis cria rede de educação para redução de desastres socionaturais

Temporais, motivo de preocupação para os moradores das grandes cidades - Foto: José Fernando

As águas de março fechando o verão - como na canção de Tom Jobim - não são apenas fonte de inspiração para poetas e compositores, mas também trazem preocupação para os moradores das grandes cidades. Os problemas causados pelos temporais, não só no verão, como durante todo o ano, fizeram surgir em 2015 a Rede de Educação para Redução de Desastres (RED).

UFF de Petrópolis e Prefeitura juntas na prevenção aos desastres naturais

Fachada da Escola de Engenharia de Produção em Petrópolis.

A Universidade Federal Fluminense tem como um dos seus principais objetivos a integração entre seus cursos e a realidade das comunidades nas quais eles se inserem. Essa é uma preocupação comum a todos os "campi" localizados fora de Niterói. No caso de Petrópolis, atualmente, a unidade está envolvida na solução de um problema grave que afeta a região: os desabamentos.

Semana dedicada à saúde do servidor na Reitoria

A Coordenação de Atenção Integral à Saúde  e Qualidade de Vida (CASQ), da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe), através da Divisão de Promoção em Vigilância e Saúde, levará suas atividades a todos os campi da UFF com o objetivo de sensibilizar os servidores quanto aos cuidados com sua saúde e qualidade de vida. 

Através de palestras, oficinas e outras atividades como aferição de pressão arterial, cálculo do IMC e distribuição de material educativo, a DPVS Itinerante pretende promover a saúde e aproximar o servidor das ações existentes na CASQ.

Saúde do homem em destaque na UFF

17 de novembro na UFF será um dia dedicado à saúde do homem. Em uma ação de conscientização do servidor da Universidade para os cuidados com sua saúde, serão oferecidos aferição da pressão arterial, cálculo do índice de massa corporal e orientações nutricionais.

O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas à saúde do homem, já que eles vivem em média 7 anos e meio a menos do que as mulheres. A maior vulnerabilidade do homem está associada a fatores comportamentais e culturais.

Subscrever RSS - Prevenção