Logotipo da UFF

favela

Durante as décadas de 1980 e 1990, a Região Metropolitana do Rio de Janeiro assistiu ao surgimento de movimentos organizados de ocupação de áreas urbanas que resultaram na formação de bairros populares, hoje integrados à cidade oficial.

Em “A união dos trabalhadores favelados e a luta contra o controle negociado das favelas cariocas (1954-1964)” (Eduff, 2016), o historiador Marco Pestana traz à tona as diferentes formas de mobilização e agitação políticas nas favelas da cidade do Rio de Janeiro, no período que vai do fim da Era Vargas, em 1945, até o início da ditadura militar.

Diversos movimentos sociais, como a mobilização dos moradores da Vila Autódromo frente ao projeto olímpico instalado na cidade do Rio de Janeiro, vêm questionando o uso do espaço urbano. Aspectos desse tipo de mobilização, por parte dos chamados favelados, são retratados pelo historiador Marco Pestana em “A união dos trabalhadores favelados e a luta contra o controle negociado das favelas cariocas (1954-1964)”, (Eduff, 2016).

Subscrever favela