direitos humanos

#ProexEmAção divulga o projeto de extensão "Saúde das pessoas LGBTI sob a ótica da saúde coletiva: Atenção integral à saúde no Sistema Único de Saúde - PROSAIN" coordenado pela professora Sandra Mara Silva Brignol.

A Universidade Federal Fluminense (UFF), por intermédio da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e com o apoio da Fundação Cultural Palmares, se engajou a partir do ano de 2016 na promoção de ações de combate à intolerância religiosa nas quais atuam alunos, professores e técnicos administrativos em relação dialógica com segmentos da sociedade civil organizada.

Como resultado dessas ações, foi produzida a Cartilha “Liberdade Religiosa e Direitos Humanos” e também o banco de dados com o mapeamento dos locais de culto religioso, que agora disponibilizamos para download no link abaixo:

O recente desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida, na região central da cidade de São Paulo, trouxe à tona o debate sobre os movimentos organizados de ocupação de locais abandonados, que há alguns anos tem crescido e se fortalecido, especialmente nas grandes cidades do Brasil.

No dia 19 de junho, foi realizado o lançamento da Cartilha Liberdade Religiosa e Direitos Humanos, no Auditório Macunaíma (Faculdade de Letras). O material foi produzido pela Pró-reitoria de Extensão no âmbito do Projeto de Promoção e Defesa da Liberdade Religiosa. O evento teve a participação de Waldeck Carneiro, Professor da Faculdade de Educação da UFF; Babalawo Ivanir dos Santos, Doutor em História Comparada da UFRJ e do Reverendo Daniel Rangel Cabral Junior, Doutor em Sociologia e Reitor da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Diocese Anglicana do Rio de Janeiro.

Lançamento da Cartilha Liberdade Religiosa e Direitos Humanos

A Universidade Federal Fluminense recebeu com profunda tristeza e indignação a notícia do brutal assassinato da vereadora e ativista dos direitos humanos Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Pedro M. Gomes, ocorrido na noite desta quarta-feira (14/03), no Estácio, Centro do Rio.

As motivações desta violenta ação contra a valente Marielle ainda são desconhecidas, mas esperamos que haja uma rápida apuração deste crime e que os responsáveis sejam punidos.

Marielle Franco era socióloga e fez mestrado em Administração Pública aqui pela UFF. 

Nos dias 8 e 9 de dezembro, acontecerá o Seminário “Direitos Humanos, Diversidades, Cultura Afro-brasileira e Políticas Públicas”, no auditório da Oficina  Escola, em Nova Friburgo- RJ. Este evento é organizado pela Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal Fluminense (PROEX/UFF), por meio dos projetos de extensão "Laboratório de Psicanálise, Política, Cultura e Estudos de Gênero" e "Por que também temos que falar de violência?".

A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal Fluminense (PROEX/UFF), por meio do Programa UFF Mulher e a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para o Idoso, Mulher e Pessoa com Deficiência de São Gonçalo (SEMIMD-SG), está realizando o Curso de Extensão: atualizações sobre direitos humanos, mulheres, idosos e pessoas com deficiência em São Gonçalo (RJ), durante os meses de novembro e dezembro.

Aconteceu, nos dias 29 e 30 de agosto de 2017, o “III Seminário de Educação Inclusiva e Direitos Humanos”, uma ação integrada entre a Universidade Federal Fluminense, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, e a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia. Durante os dois dias do evento, foram debatidos, com profissionais de diversas áreas, entre elas educação, saúde e tecnologia, importantes temas relacionados ao fazer docente voltado para a efetiva inclusão da pessoa com deficiência.

A estudante do oitavo período do curso de Direito, Daniele Oliveira Reis Blachi, foi selecionada para estagiar na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), localizada na sede da Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington DC, Estados Unidos da América. A experiência inédita entre os estudantes da UFF de Volta Redonda será realizada no período de 6 de setembro a 1º de dezembro deste ano.

A Universidade Federal Fluminense, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, realizará, no dia 05 de setembro de 2017, o Seminário “Intolerância Religiosa: Ações de Extensão e Perspectivas de Análise”.  O local do evento será o Auditório Moacyr de Carvalho Gama - Bloco F – Campus Gragoatá - São Domingos – Niterói/RJ, no horário das 14h às 20h.

A Universidade Federal Fluminense, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, realizará o Seminário “A Lei 10.639 e o Combate à Intolerância Religiosa”, que visa discutir os desafios do ensino da história e das religiões afro-brasileiras e africanas na educação nacional.

O evento é vinculado ao projeto de extensão “Promoção e Defesa da Liberdade Religiosa".

O último relatório “Tendências Globais” do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) apresentado pela ONU registra que 65,6 milhões de pessoas saíram de seus territórios de origem por perseguições e guerras, sendo mais de 300 mil só no último ano. O documento enfatiza também que uma em cada 113 pessoas em todo o mundo foi forçada a se deslocar - número superior à população do Reino Unido. O Acnur aponta ainda que metade dos refugiados são crianças e que 75 mil delas solicitam refúgio.

A Universidade Federal Fluminense, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, promove ações de combate à intolerância religiosa nas quais atuam alunos, professores e técnicos.

Esta ação é desenvolvida em conjunto com o Centro de Promoção da Liberdade Religiosa & Direitos Humanos (CEPLIR), órgão da Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos.

Propor metodologias de ensino que vão além do tradicional é um desafio. Pensando nisso, pesquisadores do curso de cinema da Universidade Federal Fluminense criaram, em 2013, o projeto “Inventar com a diferença - cinema, educação e direitos humanos”.

Quando o assunto é acessibilidade e inclusão, a UFF pode se orgulhar de atualmente contar com uma infraestrutura eficiente para atender a praticamente todas as necessidades dos candidatos que concorrem a vagas no quadro funcional da instituição.

O Núcleo de Educação e Cidadania (NUEC) da PROEX/UFF, em conformidade com sua história vocacional e de maneira articulada com a Coordenação de Políticas e Direitos das Mulheres (CODIM) e com o Memorial Roberto Silveira, ligado à Secretaria Municipal de Cultura de Niterói, realizará o Seminário “Homenagem ao mês da mulher: Educação de Jovens, Adultos e Idosos na Diversidade” com o apoio e participação do Centro de referência UFF Diversidades e Violências.

II Seminário Internacional sobre Direitos Humanos Fundamentais

Programação

14 de julho

  • 9h30 - Mesa de Abertura
  • 10h - Burocracias, "violência" e direitos humanos
  • 14h - Direitos, ativismo e reconhecimento
  • 16h30 - Identidades, expressões de diversidade e espaço público

15 de julho

  • 10h - Cidades, direitos civis e cidadania
  • 14h Classificações, disputas e controvérsias políticas
  • 16h30 - Workshop Direito à Universidade

 

Word DocumentXLSCSV
Subscrever direitos humanos