Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

cotas

Na luta pela igualdade étnico-racial, UFF implanta cotas na pós-graduação

A política de cotas é uma forma de minimizar as desigualdades étnico-raciais no Brasil

O ex-secretário Geral da Organização das Nações Unidas, Kofi Annan, ao discursar na assembleia da ONU em 2001, afirmou que as “minorias étnicas no mundo continuam a ser desproporcionalmente pobres, (...) afetadas pelo desemprego, (...) menos escolarizadas, (...) sub-representadas nas estruturas políticas e super-representadas nas prisões”. Infelizmente, quase dezessete anos depois, essa ainda é uma realidade a ser combatida.

UFF discute ações afirmativas na pós-graduação

Imagem ilustrativa

Em maio de 2016, o então Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, assinou a portaria normativa que estabeleceu o prazo de 90 dias para que as instituições públicas de ensino superior apresentassem propostas de inclusão de negros, pardos, indígenas e pessoas com deficiência em seus programas de pós-graduação.

Subscrever RSS - cotas