Acessibilidade

Vem aí a Primavera da Inclusão.

Celebraremos o Dia da Luta da Pessoa com Deficiência com muita troca de experiência e conhecimento em busca de uma UFF cada vez mais acessível e inclusiva.

Participe! Divulgue!

Inscrições pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf_pxfHh6kojTMH2k7Xb_w7QkDu8OtYaXc7NMBtxIiaKsdzVA/closedform

Programação em anexo.

O Brasil registra anualmente cerca de 40 mil casos de amputação por motivos de acidente ou doença. O Sistema Único de Saúde (SUS), por sua vez, não consegue atender a demanda da população, pois a maioria das próteses robóticas são importadas e caras. Com foco nessa realidade, um grupo interdisciplinar formado por alunos dos cursos de Medicina, Computação, Engenharia e de Telecomunicações da UFF se reuniu e criou o Projeto da Rede Acadêmica de Cibernética e Humanidades (Reach), com a finalidade de desenvolver próteses de baixo custo.

Como acontece tradicionalmente no início do período letivo, a Divisão de Acessibilidade e Inclusão Sensibiliza UFF vai participar do Acolhimento Estudantil da UFF 2018.1, nesta sexta-feira, dia 16 de março, na quadra do Instituto de Educação Física, no Campus do Gragoatá.  A abertura oficial do evento será às 9h com a apresentação do Dancing Down, grupo de dançarinas com Síndrome de Down.

Temos o prazer de anunciar que entre 23 de julho e 7 de agosto de 2018 o Curso de Mestrado em Diversidade e Inclusão (CMPDI) realizará na Faculdade de Economia, Bloco F do Campus do Gragoatá, o “V Encontro em Diversidade e Inclusão da UFF”.

Esse encontro contará com o com apoio da Associação Brasileira de Diversidade e Inclusão (ABDIn) e reunirá seis eventos que versarão sobre diferentes temas.

“Nada sobre nós sem nós!”

Você é servidor técnico-administrativo ou docente ou aluno com deficiência? Faça parte da construção coletiva de nossa Política UFF-Acessível!

Você não tem deficiência mas tem conhecimento técnico ou interesse pelo tema? Se alie a nós!
Participe!!!

Com a intenção de se tornar uma universidade cada vez mais inclusiva, após intensas negociações, a UFF receberá um investimento externo de R$ 619.289,00 destinado a obras de ampliação da acessibilidade em seus campi. A verba é proveniente de emenda parlamentar e vai ao encontro das ações de inclusão planejadas e desenvolvidas pela instituição através do Grupo de Trabalho Acessibilidade (GT).

O objetivo principal da atividade é promover a mobilização dos sentidos através de práticas de sensibilização e experimentação corporal para pessoas cegas e com baixa visão.

Cenário com piso tátil, intérpretes de Libras em todas as sessões e uma vivência de sensibilização do público antes do espetáculo. Essas são as ações planejadas para que a peça teatral Ponto de Vista, apresentada no Teatro da UFF, seja mais inclusiva. Trinta minutos antes da peça, é aberta a cada espectador a opção de participar de uma experiência sensorial: na varanda da Reitoria, de olhos vendados e com o uso de bengalas, o público faz um circuito com obstáculos e incluindo pequenas tarefas cotidianas.

RODA DE CONVERSA INCLUSIVA
Acessibilidade e estrutura na UFF

O Sensibiliza UFF, junto com o Centro Acadêmico Evaristo da Veiga (Gestão Nenhum Direito a Menos), convida todos e todas à participarem de uma roda de conversa sobre acessibilidade e estrutura na UFF.

Páginas

Subscrever Acessibilidade