Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Sidney Mello

A UFF é construída de forma coletiva, por uma sucessão de gestões. Eu diria que um dos maiores méritos da nossa administração hoje é colocar a universidade de pé em meio à crise.

Reitor da Universidade Federal Fluminense

UFF 55 anos: “Uma história de vida e realização para todos nós”

À frente da UFF desde novembro de 2014, o reitor Sidney Mello assume a universidade em um momento de restrições orçamentárias e crise política no governo. No entanto, se sente bastante motivado para enfrentar os problemas atuais em busca da consolidação da expansão da UFF, uma das melhores universidades do Brasil. No cenário das universidades federais é a principal em entrada de estudantes por ano e um grande desafio para esta gestão.

Integrante do corpo docente da universidade desde 1984, Sidney Mello foi chefe do departamento de Geologia, diretor do Instituto de Geociências e pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação e muitas vezes sua história é confundida com a da instituição. O reitor destaca três momentos marcantes em sua trajetória: o ingresso como professor há 30 anos, o envolvimento com a política institucional e administrativa como pró-reitor e a oportunidade de ter sido escolhido pela comunidade para ser o reitor da universidade.

Segundo Sidney Mello, encarar conquistas de uma gestão é às vezes uma forma muito simples de ver o desenvolvimento da universidade. “A UFF é construída de forma coletiva, por uma sucessão de gestões. Eu diria que um dos maiores méritos da nossa administração hoje é colocar a universidade de pé em meio à crise”, ressalta.

No último levantamento de rankings nacionais, a UFF atingiu patamares de excelência em cursos de graduação e pós-graduação. Porém, é fundamental uma manutenção rigorosa da política de recursos para assistência estudantil, explica Sidney. Para o reitor, a perspectiva para o futuro é contribuir para uma universidade extremamente aparelhada do ponto de vista da estrutura física, acadêmica, corpo docente e técnico.

“Uma inserção nacional e internacional e estudantes com uma possibilidade de empregabilidade e de retorno à instituição na forma de cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado e pós-graduação muito grande é uma das nossas maiores metas”, afirma Sidney.

A UFF é um projeto coletivo que teve início há 55 anos e tem sido uma história de sucesso. A marca da gestão é investir na construção de uma universidade extremamente inclusiva, popular e que garanta qualidade de ensino, pesquisa e extensão.

“A infraestrutura física da universidade cresceu muito nesses últimos anos em Niterói e no interior do Estado. Quando toda essa estrutura ficar pronta, conjugado ao quadro docente e técnico-administrativo da instituição, essa universidade se tornará, sem dúvida, a universidade mais importante do país”, conclui o reitor.

Compartilhe