Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Regulamentação de Cotutela

A cotutela contempla dupla pós-graduação para doutorandos na UFF e na universidade conveniada no exterior. Saiba mais sobre nos tópicos abaixo.

 

Requisitos para a Cotutela

  • Ser promovida por programa de pós-graduação stricto sensu reconhecido pelo MEC e recomendado pela Capes e por programa estrangeiro da mesma área de pesquisa, habilitado pelo Ministério da Educação ou órgão análogo em seu país;
  • Ser firmado um termo de convenção de cotutela para cada aluno, conforme o disposto na Resolução 133/13 (disponível no final da página);
  • Ser formalizado Acordo de Cooperação, consórcio ou convênio entre a UFF e a instituição estrangeira.
  • Na inexistência de acordo de cooperação, consórcio ou convênio, a formalização será proposta pela SRI, de acordo com as normas próprias.

 

Documentação Necessária

  • Solicitação da cotutela pelo professor orientador;
  • Parecer favorável do colegiado do programa da UFF;
  • Minuta do termo de convenção de cotutela;
  • Documento oficial da instituição estrangeira em que conste a aprovação dos termos da convenção e seu interesse na realização do projeto.

 

Defesa da Tese

  • A tese deve ser redigida em idioma compatível com a cooperação institucional que representa, a critério dos programas e em observância ao acordo de cooperação, consórcio ou convênio entre a UFF e a instituição partícipe da cotutela;
  • A tese deve conter resumo na língua da outra instituição parceira, além do inglês;
  • A defesa da tese será reconhecida pelas duas instituições. A banca examinadora será designada em comum acordo pelas duas instituições e constituída por representantes dos dois países;
  • A defesa da tese será única e conjunta, se necessário lançando mão de meios de comunicação à distância, do tipo videoconferência;
  • O idioma de apresentação e defesa da tese serão definidos e deverão constar da convenção de cotutela de cada doutorando;
  • A comissão examinadora poderá exigir modificações e estipular prazo para a reapresentação do trabalho final, dentro do prazo máximo concedido ao aluno para a conclusão do curso, através de parecer conjunto fundamentado.

 

Emissão do Diploma

  • A PROPPI analisará a documentação comprobatória de conclusão do curso, observados os termos da convenção específica e encaminhará o processo à PROGRAD, para a emissão do diploma.

 

Disposições Gerais

  • Doutorandos em regime de cotutela que sejam servidores da UFF, docentes ou técnico-administrativos, devem solicitar o afastamento e encaminhar os devidos relatórios de acompanhamento à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, nos termos e prazos previstos em regulamentação específica.

 

Grande área: 

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.