Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

PROPPI torna público o Relatório de Gestão de 2017

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal Fluminense divulga e disponibiliza para download seu relatório de gestão referente ao ano de 2017.

"Estamos tornando público este Relatório de Gestão da PROPPI não apenas para divulgar o que foi realizado em 2017, mas para que ele também possa servir de instrumento de gestão da pesquisa, pós-graduação e inovação na Universidade Federal Fluminense. Cabe ressaltar que parte deste trabalho foi realizada na gestão do Prof. Roberto Kant.

Considerando o cenário do país em termos de financiamento à IES, a PROPPI desenvolveu muitas ações que estão delineadas neste relatório.

O resultado mais significativo que deve ser destacado foi o ótimo desempenho dos PPGs da UFF na Avaliação Quadrienal da Capes referente aos anos 2013-2016. Houve uma evolução na qualificação do Sistema de PG da UFF em relação à Avaliação Trienal: 64% dos cursos mantiveram seus conceitos; o número de cursos com nota 3 diminuiu e o número de cursos com nota 4 aumentou; três cursos nota 4 foram promovidos para nota 5, cinco cursos nota 5 passaram para nota 6 e o número de cursos conceito 6 aumentou de três para oito, aumento de 166,7%. Em termos de Pós-Graduação Lato Sensu, o ano de 2017 encerrou com o mesmo número de cursos com que começou.

Vários PPGs promoveram a criação de vagas de ações afirmativas para estudantes que se autodeclaram nessas categorias. Houve um aumento de 100% de 2016 para 2017 no número de programas que aderiram a essas iniciativas.

Foram lançados e executados dois editais importantes para a UFF: Auxílio à Manutenção Corretiva de Equipamentos Multiusuários e o Programa de Fomento à Pesquisa (FOPESQ). O FOPESQ teve como principal meta incrementar as atividades de pesquisa desenvolvidas na UFF por seus pesquisadores, para o ano de 2017. A chamada foi direcionada a docentes recém-doutores, com até cinco anos de doutoramento, que caracterizam a modalidade Jovem Pesquisador.

No que tange a eventos, foram realizadas algumas ações na busca de colaborar e aumentar o seu quantitativo interno, proporcionando uma maior disseminação e circulação do conhecimento dentro da UFF. Pode se observar um crescimento considerável em relação aos eventos realizados no ano de 2017. Foi lançado um edital de Apoio a Eventos que apoiou 45 eventos que ocorreram na UFF. De forma similar, também foram organizados eventos internos com a equipe da PROPPI, em eventos específicos de interesse da comunidade, como por exemplo, a Voz da Pesquisa, Publicações Científicas, Integridade e Ética. Gostaria de destacar o evento “Dose de Ciência” que aconteceu num formato diferenciado e acessível ao público para atender o Dia C de Ciência e, ser um piloto para o “Pint Of Science Brasil” em maio de 2018.

Para dar suporte aos diversos comitês e comissões da PROPPI, foi inaugurada a Sala dos Comitês e Comissões, localizada nas dependências da AGIR, no prédio do Instituto de Física, campus de Praia Vermelha.

A inovação também teve destaque em 2017. A área de tecnologia levantou que existem 33 experiências de inovação em tecnologias sociais em andamento na UFF que foram acompanhadas ao longo do ano. Ao final de 2017, foi lançado, num evento, o catálogo com a descrição e os dados dessas tecnologias sociais. Ainda em 2017 foi criado o site das Tecnologias Sociais e iniciou-se a divulgação das notícias sobre o tema para mais de 600 pessoas dentro da UFF, tendo sido publicados ao longo do ano 35 informes.

Este Relatório de Gestão não poderia deixar de enfatizar que a falta de previsibilidade e perenidade do orçamento da universidade afeta consideravelmente qualquer planejamento institucional. O cenário não é muito otimista para 2018, principalmente no que diz respeito ao investimento em infraestrutura. A falta de recursos para investimentos em infraestrutura certamente afetará o desenvolvimento dos grupos de pesquisa, os PPGs, o desenvolvimento da inovação e, como pior consequência, a formação de recursos humanos. Entretanto, continuamos criando alternativas, inovando e avançando! Nos cenários nacional e estadual, estaremos sendo ativos na luta por mais recursos para CT&I e internamente continuaremos a ser sempre transparentes, colaborativos e dedicados a avançar na qualidade da nova PG, pesquisa e inovação!"

Prof. Vitor Francisco Ferreira
Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Telefone: 
2126295102

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 11/04/2018 - 14:09