Alunos da Engenharia de Produção de Petrópolis têm projeto premiado em congresso na Tunísia

Alunos Joel Alves e João Pedro presentes na Tunísia para apresentar o projeto no congresso

Uma equipe de alunos de Engenharia de Produção da UFF de Petrópolis recebeu mais uma premiação internacional para a universidade com um projeto sobre aprimoramento de descartes e redução de desperdício pensado para uma empresa na área de soldagem. Os graduandos de Engenharia de Produção alcançaram a terceira colocação na categoria de estudantes em um congresso voltado para a inovação na área de aprendizagem ativa em Engenharia, conhecido como PAEE/ALE, que foi realizado na Tunísia no mês de junho.

UFF auxilia o trabalhador autônomo em sua inserção no mercado de trabalho

De acordo com os dados do Portal do Empreendedor, o número de microempreendedores individuais (MEIs) brasileiros ultrapassou a marca de 8 milhões em 2019. Esse perfil profissional atua de modo independente e se legaliza como pequeno empresário. Atualmente, em meio à crise do mercado de trabalho formal e o consequente aumento dos negócios “por conta própria” tornou o MEI uma opção de ocupação temporária em ascensão no país. Somente entre fevereiro e maio deste ano, 399 mil novos MEIs já foram registrados.

Pesquisa na UFF comprova a desigualdade de rendimentos entre homens e mulheres no Brasil

Muitas e inegáveis são as diferenças entre homens e mulheres, desde as anatômicas até as comportamentais. Mas uma diferença, em especial, chama a atenção, num momento em que no Brasil e no mundo se fortalece o movimento feminista e, com ele, as conquistas de direitos negados historicamente. Trata-se das desigualdades de renda entre homens e mulheres, que vêm deixando, cada vez mais, de serem percebidas como “naturais” e absolutas.

Do criador à criação: conheça o percurso de invenções patenteadas na UFF que transformam a sociedade

A marca Coca-Cola foi criada pelo contador Frank Robinson, que também desenhou à mão o tradicional logotipo, depois que o amigo e farmacêutico John Pemberton inventou o refrigerante em 1886, nos Estados Unidos. No entanto, a intenção dele não era exatamente criar um refrigerante, mas sim uma espécie de tônico para combater dores de cabeça. Cento e trinta e três anos depois, o produto se tornou a mais famosa bebida do mundo: a cada 10 segundos, 126 mil pessoas consomem um dos produtos da “The Coca-Cola Company”, que vende também chás, sucos e até artigos de vestuário.

Equipe de estudantes da UFF é finalista na competição aeroespacial da NASA

“Nascidos para competir”. O slogan resume bem o espírito do “The Myths Brazil Team” (TMB), projeto da Universidade Federal Fluminense e do Programa de Educação Tutorial de Engenharia Mecânica (PET MEC) que reúne um grupo de alunos de diferentes cursos da universidade. Eles retornaram recentemente dos Estados Unidos, onde participaram da NASA Human Exploration Rover Challenge, competição realizada anualmente no Space Rocket Center, em Huntsville, Alabama.

Prax-Circense: projeto da UFF integra atividades circenses, saúde e educação

Das corridas de carruagem no Império Romano aos espetáculos mega produzidos do Cirque du Soleil, as artes circenses evoluíram ao longo do tempo, preservando o fascínio provocado em seus espectadores. Enquanto parte da cultura popular, o circo auxiliou no surgimento do Movimento Ginástico Europeu durante o século XIX — mais focado na saúde do trabalhador que sofria com as consequências da Revolução Industrial do que no usual entretenimento —, e posteriormente formulou e sistematizou a Ginástica, prezando pela rigidez e técnica nas performances corporais.

É preciso coração para fazer uma revolução: projeto da UFF discute urgência de se pensar sobre populações de excluídos

Há quem tenha olhos para ver o que quase ninguém vê. Para reconhecer a existência de pessoas mesmo quando, há muito, a sociedade lhes destituiu do direito de serem vistas. Assim é Margareth Martins, professora da UFF de Pedagogia Social, idealizadora do projeto de extensão “PIPAS”, que há 18 anos forma educadores de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. Uma criança nessa circunstância, segundo ela, “é atravessada por várias necessidades, atingida por muitos vetores de exclusão. Então, falamos em vulnerabilidades: a financeira, a material, a afetiva etc”.

UFF reúne esforços em projeto de reflorestamento do Morro Boa Vista em Niterói

A melhoria da qualidade de vida e a conscientização dos moradores da região também são objetivos do projeto.

Desenvolvido pelos alunos participantes do Programa de Educação Tutorial de Engenharia Agrícola e Ambiental da UFF (PET Agrícola), o projeto de reflorestamento abrange os bairros de São Lourenço, Fátima, Pé Pequeno, Cubango e Fonseca, em Niterói, e vem mobilizando parte da comunidade acadêmica da universidade. A iniciativa, que se dá em parceria com a Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), partiu de uma das alunas integrantes do PET, Jéssica Rocha, e atualmente envolve 10 graduandos.

Turismo da UFF oferece treinamento para policiais militares do Rio de Janeiro

UFF implementa ações com foco em melhorar o turismo no Rio de Janeiro

O turismo é visto por muitos como uma das possíveis saídas para a crise econômica do país. A atividade é capaz de injetar verba na economia, no setor de transportes e em diversas outras áreas. A cidade do Rio de Janeiro, conhecida como “cidade maravilhosa”, apesar de seus inúmeros atrativos, continua abaixo da sua potencialidade, o que se explica, segundo o professor do Departamento de Turismo e Hotelaria da UFF, Marcello de Barros Tomé Machado, pelos seus altos índices de violência.

Páginas