Logotipo da UFF

Prédio D da UFF em Macaé é inaugurado

Um momento de esperança e consolidação do conhecimento. Assim foi definida a inauguração do Bloco D da Universidade Federal Fluminense (UFF) em Macaé. Em cerimônia com formato reduzido no dia 27 de agosto, a Prefeitura Municipal de Macaé e a Administração Central da UFF oficializaram a entrega do prédio que é a sede do Instituto de Ciências da Sociedade (ICM). São 4.500 metros de área construída em três pavimentos, com auditório e salas de aulas para os cursos de Direito, Administração e Ciências Contábeis. A Prefeitura de Macaé custeou integralmente a construção, no valor de R$ 12 milhões de reais.

Inauguração

O prefeito de Macaé, Aluizio dos Santos Junior, contou que o prédio representa a vontade de que a universidade se fortaleça em Macaé. “Hoje, olhamos para uma cidade que não é mais provinciana e faz da universidade a sua grande instituição. O papel da universidade é prover o conhecimento que transforma a sociedade. Esperamos que a UFF faça de Macaé a sua morada perene, em uma cidade que tem fome de conhecimento. Em um momento como esse, em que o conhecimento precisa aflorar e ser consolidado, é um presente para toda a sociedade de Macaé poder inaugurar esse prédio. Isso representa mais que um prédio, representa a esperança de um tempo novo”, disse o prefeito.

O reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, enfatizou que a entrega do prédio atende a uma demanda local de mais de 28 anos. “Esse é um momento institucional de mudança de patamar e de posição desse Instituto como colaborador para o desenvolvimento de Macaé. A cidade tem vocação universitária, com uma visão contemporânea e longitudinal de desenvolvimento através de uma commodity, mas que agrega valor aos seus cidadãos pela qualidade de vida e geração de empregos”, ressaltou Antonio Claudio. 

O secretário municipal adjunto de ensino superior, Márcio Mangini, disse que o Bloco D era um sonho que virou uma bela obra. “É um momento difícil, mas que precisamos realizar para que tenhamos esperança de novo em um futuro melhor para nossos professores e alunos. Essa é uma inauguração histórica. Temos muito orgulho de receber a UFF em uma sede própria, com a perspectiva de expandir suas atividades, incluindo pesquisa em alto nível, que é tradição da UFF. A percepção do reitor Antonio Claudio sobre a possibilidade de expansão dessa qualidade e dos serviços da UFF é muito clara. Só temos a agradecer. Poder realizar uma ação dessa no meio de uma pandemia é um momento de muita felicidade”, afirmou Márcio.

O vice-reitor da UFF, Fabio Barboza Passos, contextualizou a entrega do prédio em um planejamento estratégico da UFF de qualificar o processo histórico de expansão. “Esse é um momento muito importante porque a UFF é uma universidade com tradição de se interiorizar. Queremos criar cursos plenos com ensino, pesquisa e extensão no interior. Para fazer isso, precisávamos de infraestrutura. Agradecemos ao prefeito que possibilitou a entrega desse prédio aos nossos professores, técnicos e alunos”.

O diretor da UFF Macaé, Daniel Arruda Nascimento, destacou que o prédio é uma conquista coletiva histórica. “A ocupação de nossa sede vem a abrilhantar a trajetória do ICM e o investimento feito durante 28 anos. Houve uma longa história de esforço comunitário para essa realização. O professor Antonio Claudio foi sensível, inteligente e atento aos nossos apelos. Recordo-me com alegria quando me apresentaram as opções de cores para as pastilhas laterais do prédio. Escolhemos azuis esverdeado para homenagear a bela cor do mar de Macaé”.

Sede da UFF Macaé

No térreo do Bloco D, funcionam a secretaria, salas da direção e de professores, biblioteca, diretório acadêmico, auditório com capacidade para até 200 pessoas, copa e sanitário. Os pavimentos um e dois possuem 15 salas de aula cada, constituindo, ao todo, mais de 40 novos espaços para a população acadêmica.

A UFF tem cerca de 1.300 estudantes e oferece em Macaé, três cursos de graduação: Direito, Administração e Ciências Contáveis, e tem, ainda, pós-graduação em Residência Jurídica. São 45 professores no total e 40 servidores técnicos.

Localidade: 

Compartilhe