Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Agir prorroga inscrições para os programas Pibiti e Pibinova até 19 de junho

A Agência de Inovação (Agir) da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi) lançou o edital para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti) e o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Inovação (Pibinova). São 45 bolsas em cada modalidade, com vigência de um ano, no valor de R$ 400.

Devido à grande demanda da comunidade acadêmica as inscrições foram prorrogadas até o dia 19 de junho. A alteração do prazo é somente em relação ao envio de propostas, o restante do calendário permanece o mesmo.

O Pibiti é financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Pibinova, pelo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFF. Os programas estimulam a atuação de professores da universidade e alunos de qualquer curso de nível superior em atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação, com o objetivo de contribuir para a solução de problemas de mercado ou da sociedade em geral.

Novo perfil e objetivo da Agir

De acordo com o diretor da Agir, Thiago Renault, até 2014 a estrutura de apoio à inovação e ao empreendedorismo e a transferência de tecnologia na UFF eram trabalhadas em plataformas diferentes. A partir de 2015, a Agir, a Incubadora de Empresas da universidade e o Escritório de Transferência de Conhecimento (Etco) funcionam de forma conjunta. “Esse edital é voltado para alimentar o fluxo de empreendimentos na incubadora e de proteções de propriedade intelectual do Etco. A ideia é que os ganhadores desenvolvam produtos ou serviços que possam efetivamente ser aplicados no mercado ou na sociedade em geral”, afirmou Renault.

A nova abordagem da Agir busca trazer o mercado para próximo da universidade e transformar as invenções em inovação. Com as mudanças implementadas pela administração da agência desde janeiro, esse é o primeiro edital voltado para transferir o conhecimento desenvolvido pelos bolsistas para a prática social e de mercado. Desta forma, o foco antes puramente tecnológico é ampliado para trabalhar a plataforma “lato sensu”.
Segundo Renault, as ações da Agir são baseadas no tripé que une editais, incubadora e Etco, beneficiando os estudantes. “É importante que o aluno, desde a graduação, seja treinado para fazer a ponte entre o mercado e a universidade, pois quem leva o conhecimento para a sociedade é o estudante”, completou.

Inscrições e resultados

As propostas devem ser enviadas pelos orientadores para o e-mail bolsasagir@proppi.uff.br até o dia 19 de junho, por meio do formulário disponível no Anexo II do edital. Cada orientador pode solicitar até duas bolsas. O resultado final do programa será divulgado no dia 14 de julho, e as bolsas implantadas no mês de agosto.

O relatório final sobre os projetos desenvolvidos durante a vigência das bolsas deverá ser entregue em 29 de julho de 2016. No Seminário de Iniciação à Inovação, em outubro desse, promovido pela Agir e pela Proppi, os alunos vão apresentar sob a forma de pôsteres, resumos e/ou painéis sua produção inovadora, com auxílio do orientador.

Outras informações sobre o edital e critérios de seleção emhttp://www.editais.uff.br/1015.

Grande área: 
Público-alvo: