Logotipo da UFF

UFF autoriza início das obras do prédio de Campos

Nesta sexta-feira, 04 de dezembro, aconteceu a cerimônia remota para celebrar a ordem de início das obras de conclusão do prédio do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional da UFF em Campos dos Goytacazes. O projeto está orçado em R$ 25 milhões de reais e foi contemplado pela Emenda Parlamentar de Bancada do Estado do Rio de Janeiro. Este é mais um momento histórico para a UFF que, mesmo enfrentando restrições orçamentárias, consolida a sua expansão no município, dando um passo importante para realizar um sonho de décadas da comunidade campista. 

A emenda foi articulada por um esforço suprapartidário de coleta de assinaturas de 14 deputados federais do Estado do Rio de Janeiro. Essa iniciativa foi organizada pelo deputado Wladimir Garotinho, com participação importante do Gabinete do Reitor, comunidade e a direção da unidade da UFF em Campos. A captação desses recursos contou com o apoio essencial dos deputados Chico D'Ângelo, Talíria Petrone e Hugo Leal, além de mais onze parlamentares de diferentes partidos.

De acordo com o reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, esse foi um movimento coletivo articulado pelo deputado federal Wladmir Garotinho, com a assinatura e participação de 14 deputados federais. “Agradecemos também a Talíria por sua disponibilidade e toda a força de seu mandato em favor da educação superior. Chico é um grande mestre e muito generoso, com uma característica muito nobre de pessoas que colocam os seus ativos para o bem comum, sem necessidade de reconhecimento imediato. O deputado Hugo Leal tem sido um grande parceiro do Estado do Rio de Janeiro, uma pessoa muito agregadora que foi muito importante para as duas emendas. Fico muito feliz que a solidariedade promoveu esse momento aqui. O movimento estudantil decisivo em toda a sua inquietude e garra para nos provocar com uma inteligência muito grande. A comunidade de Campos, na liderança do Rosendo, teve um papel muito importante”. 

O deputado federal e prefeito eleito, Wladmir Garotinho, reforçou que é um prazer imensurável fazer parte deste ato. “Estamos carentes de boas notícias e hoje esse ato é uma notícia extraordinária para Campos e para a educação como um todo. Espero poder visitar muito em breve para ver o andamento das obras. O reitor foi muito importante para poder desenrolar as questões burocráticas para a liberação dos recursos. Quando a gente acredita que é possível e a gente luta para conseguir, as coisas acontecem. Esse é um fato que eu vou levar para a minha vida como um homem público. É um orgulho para a Bancada pode saber que estamos contribuindo na vida desses alunos e na educação superior do Brasil. Enquanto prefeito, espero poder fazer muitas parcerias com a universidade, porque é nelas que estão as soluções para muitos dos problemas que a população está vivendo”.

Segundo o deputado federal Chico D’Angelo, a UFF e toda a sua comunidade deve celebrar muito intensamente e reconhecer o início das obras do prédio. “Gostaria de lembrar e reconhecer o papel do Ministro Paulo Bernardo em sua atuação para a cessão do terreno e do Fernando Haddad, que era o Ministro da Educação à época. A UFF Campos deve muito ao empenho do Antonio Claudio nessa empreitada exitosa, houve um papel importante do reitor em costurar essa emenda da bancada. É muito bom a gente estar vivendo este momento”.

A deputada federal, Talíria Petrone, ressaltou sua alegria em poder celebrar a retomada da construção da casa da UFF em Campos: “celebrar a educação pública e a universidade coletiva, a valorização do ensino, pesquisa e extensão num momento nacional complicadíssimo. Essa é uma vitória daqueles que amam a universidade pública. Não há saída para esses tempos se não pela valorização da educação”.

O diretor da UFF Campos, Roberto Cezar Rosendo, afirmou que a articulação política para buscar os recursos foi essencial. “Essa emenda é muito simbólica, pois nos dá a certeza de que vamos terminar o nosso campus. Agradeço ao reitor pela gestão democrática. Fizemos uma comissão de obras representativa da diversidade da comunidade UFF Campos, o que foi fundamental. Agradecemos a toda a equipe de pró-reitorias e superintendências e aos nossos deputados federais que investiram na educação”.

A professora Ana Costa enfatizou que a cerimônia é extremamente significativa pela relevância da pauta. “É por meio da educação que podemos garantir a mobilidade social. A nossa UFF Campos estará comemorando em 2022 o seu sexagenário aniversário. Queria destacar a importância da professora Leda Barros e José Luiz Viana nesse processo histórico do Reuni”.

De acordo com a estudante da UFF Campos, Maria Julia Eccard, esse é um momento de emoção com os avanços da universidade pública e sua interiorização no Rio de Janeiro. “Esse é um momento muito esperado por todos os estudantes. Lembramos de todas as lutas que travamos neste ano, mostrando o quanto o polo de Campos é gigante e fez muito com muito pouco. Hoje, conseguimos dar mais um passo nesse sonho de uma universidade popular que caiba todo o nosso povo e ver a nossa terra prometida sair do papel”.

A emenda da Bancada Parlamentar do Estado do Rio de Janeiro foi assinada pelos seguintes deputados federais:

  • Wladmir Garotinho

  • Talíria Petrone

  • Chico d’Ângelo

  • Clarissa Garotinho

  • Alessandro Molon

  • Benedita da Silva

  • Jandira Feghali

  • Marcelo Freixo

  • Paulo Ramos

  • Christino Aureo

  • Flordelis dos Santos de Souza

  • Glauber Rocha

  • João Carlos Soares Gurgel

  • Márcio Labre

Grande área: 
Público-alvo: 

Compartilhe