A arte nos une: Centro de Artes UFF disponibiliza acervo cultural nas redes sociais durante a quarentena

Print Friendly, PDF & Email
Crédito da fotografia: 
Divulgação

Arte e cultura não poderiam ficar de fora das múltiplas ações coordenadas pela UFF para atravessar, junto à sociedade, esse período de quarentena. Sendo assim, com o intuito de oferecer conteúdo de qualidade e aproximar a comunidade de sua produção, o Centro de Artes da Universidade Federal Fluminense lança nesta quinta-feira, 2 de abril, a campanha "a arte nos une", voltada ao público das suas redes sociais – Facebook, Instagram e Twitter. Através dessa iniciativa, serão veiculados conteúdos que resgatam a memória de alguns eventos e divulgada boa parte do acervo de suas produções recentes; algumas delas atualmente disponíveis em seu canal oficial no YouTube.

De acordo com o reitor Antonio Claudio da Nóbrega, as ações da UFF no contexto da pandemia visam não somente colaborar para o combate ao vírus e a proteção das pessoas, em particular os profissionais de saúde da linha de frente, mas também compreender o mundo em estado de quarentena, oferecendo meios para garantir a saúde mental e a qualidade vida. “Arte e cultura são elementos integrais da existência humana e certamente contribuem para uma vida melhor nesse momento de afastamento físico entre as pessoas”.  

Alguns destaques da programação, inteiramente gratuita, são: debates, conferências, masterclasses, shows e concertos, incluindo o filme “A Música do Tempo - do Sonho do Império ao Império do Sonho”, primeiro documentário musical de longa-metragem brasileiro idealizado e produzido pela equipe de um centro cultural. O filme, que em 2019 esteve em circuito nos cinemas de seis capitais do país, estará disponível via streaming para acesso por tempo limitado.

Também estarão disponíveis o acervo de projetos especiais, como “Interculturalidades”, “Espiral dos Afetos” e “Teko Porã”, além de ações já consagradas pelo público, como o UFF Debate Brasil; a série de programas na web “Educadores debatem Educação”, além de eventos de música popular e de concerto.

“A arte nos une”, mote da campanha criada num contexto de restrições e de isolamento social da população brasileira em virtude da pandemia do novo coronavírus, traduz o desejo da universidade de promover um contato com a arte e a cultura como maneira de exercitar as potencialidades criativas e estimular trocas entre as pessoas, unidas através das redes sociais. A campanha visa também reafirmar o lugar da UFF e do Centro de Artes de efervescente criação, pesquisa e difusão da arte e da cultura brasileiras.

Há quase 38 anos, a universidade possui um dos mais destacados complexos culturais do país. Localizado na Reitoria da universidade, o Centro de Artes UFF reúne teatro, cinema e galerias voltadas à fotografia e às artes visuais em geral. O centro conta também com grupos residentes que têm mais de três décadas de atividades contínuas, a exemplo do Quarteto de Cordas da UFF e do conjunto Música Antiga da UFF, assim como a Orquestra Sinfônica Nacional UFF, criada em 1961.                                                                                                                                                                                                                                                    

Redes sociais do Centro de Artes UFF:

YouTube: https://www.youtube.com/CentrodeArtesUFFOficial
Facebook: https://www.facebook.com/centrodeartesuff/
Instagram: https://www.instagram.com/centrodeartesuff/ - @centrodeartesuff
Twitter: https://twitter.com/ceart_uff - @ceart_uff

 

Compartilhe