Logotipo da UFF

Aluna da UFF Friburgo escreve três livros em língua indígena

Onde: 
videoconferência ou live interativa
Quando: 
qui, 03/12/2020 - 14:00
Tipo de trabalho acadêmico: 
Monografia
Descrição: 

A aluna Grabriella Baldotto do Curso de Graduação em Odontologia do Instituto de Saúde de Nova Friburgo (ISNF) escreveu três livros na língua indígena Kaingang. O objetivo é oferecer orientações sobre saúde bucal para crianças e adolescentes no idioma desta tribo, que está localizada nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Todo o material aborda a saúde bucal nas comunidades indígenas e traz narrativas infanto-juvenis no idioma Kaingang. A apresentação dos livros ocorre nesta quinta-feira (03/12/2020), às 14h, durante defesa de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), de maneira virtual, em função da pandemia de COVID-19. Os interessados em participar devem acessar o link meet.google.com/vhf-ktno-gxe.

Para concluir todo o trabalho, Gabriella planejou ir à tribo, mas a pandemia atrapalhou os planos da viagem. A estudante, então, contou com a ajuda do indígena Renato Pereira para a tradução da língua dos Kaingang. Renato é o primeiro integrante da tribo a se formar em Odontologia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Os Kaingang

De acordo com a Comissão Pró-Índio de São Paulo, “os Kaingang são um povo pertencente à família Jê, que ocupa, atualmente, 46 terras indígenas”. A população total é estimada em 37.470 indivíduos, de acordo com levantamento realizado pelo IBGE em 2010.

Ainda de acordo com a comissão, “as primeiras notícias referentes aos Kaingang datam de 1773, no estado de São Paulo, a partir do levantamento fluvial dos rios Tiete e Paraná realizado pelo Brigadeiro Sá e Faria que informa que índios teriam aparecido à margem esquerda do Paraná, entre o Aguapeí e o Peixe”.

Gabriella Baldotto defende o TCC nesta quinta, às 14h, pelo plataforma Google Meet. Na banca, está a professora dra. Maria Isabel Valente, da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase), o professor dr. Manoelito Ferreira Silva Junior, da UEPG, o professor dr. Rafael Ditterich, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), e a orientadora professora Angela Scarparo.

Mais informações
Estas são as informações de contato do setor da UFF responsável pelo evento:
Email institucional: 
angelascarparo@id.uff.br