Logotipo da UFF

Estudo analisa informações sobre saúde do viajante e os riscos referentes à Covid-19 em websites oficiais de turismo

Print Friendly, PDF & Email

O artigo "A análise do conteúdo informativo nos websites oficiais de turismo sobre a saúde do viajante e os riscos referentes à Covid-19" foi publicado no International Journal of Safety and Security in Tourism and Hospitality, pelo docente do PPGTUR-UFF e atual coordenador do Mestrado em Turismo da UFF,  professor Marcello Tomé.

O objetivo principal do estudo consiste em analisar o conteúdo fornecido nos websites oficiais de turismo dos cinco países com maior fluxo turístico receptivo do continente americano (Estados Unidos, México, Canadá, Argentina e Brasil) e do continente europeu (França, Espanha, Itália, Turquia e Alemanha), em relação às informações disponíveis sobre saúde pública para os viajantes nos países destacados, avaliando o conteúdo informativo referente à pandemia de Covid-19. Para isso, foi realizada a identificação e avaliação do conteúdo presente nos websites oficiais de turismo dos países indicados, buscando nestes, referências sobre a pandemia da Covid-19.

A pesquisa foi realizada por um professor da Faculdade de Turismo e Hotelaria da UFF, juntamente com dois outros pesquisadores estrangeiros. Em relação aos resultados do estudo, o pesquisador Marcello Tomé afirma que: "Com exceção da Itália, cujo website oficial de turismo não apresentou claramente nenhuma informação sobre a saúde do viajante ou sobre a Covid-19, direcionada para a demanda turística real e potencial; e a Alemanha, que também não apresentou claramente informações em relação à saúde do viajante, apresentando somente informações sobre a pandemia; os demais países analisados apresentaram conteúdo informativo relativo à “Saúde Pública/Cuidados com a Saúde do Viajante”. No entanto, apenas a Espanha apresentou conteúdo informativo que alcançasse mais de 50% dos tópicos relacionados à saúde do viajante. Sobre as informações relativas à Covid-19, somente o Brasil e a Argentina, no contexto americano, e a Itália, no contexto europeu, não possuíam conteúdo informativo direcionado para a demanda turística sobre a pandemia, em seus websites oficiais de turismo. Os demais países analisados, por meio dos seus websites, apresentaram conteúdo e caminhos para a obtenção de informações importantes sobre risco e prevenção de contágio pelo novo coronavírus".

 

 

Para saber mais sobre este informativo

Estes são os dados de contato do setor da universidade que escreveu este informativo:

Conteúdos relacionados

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 03/07/2020 - 12:40