Eu sou: Técnico | Docente | Estudante

Engenharia Elétrica

Modalidade: 
Presencial
Titulação: 
Bacharelado
Objetivos do Curso: 

As atividades desenvolvidas ao longo do curso de graduação em Engenharia Elétrica da UFF têm por objetivo a formação de profissionais com perfil aderente ao estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) através dos Referenciais Nacionais dos Cursos de Engenharia. Assim, o Engenheiro Eletricista formado pela UFF apresenta as seguintes qualificações:

  • Profissional de formação generalista, capacitado para atuar na geração, transmissão, distribuição e utilização da energia elétrica;
  • Capacidade para estudar, projetar e especificar materiais, componentes, dispositivos e equipamentos elétricos, eletromecânicos, magnéticos, de potência, de instrumentação, de aquisição de dados e de máquinas elétricas;
  • Habilidades e competências necessárias para planejar, projetar, instalar, operar e dar manutenção em instalações elétricas, sistemas de medição e de instrumentação, de acionamentos de máquinas, de iluminação, de proteção contra descargas atmosféricas e de aterramento;
  • Domínio de conhecimentos e ferramentas necessárias para elaboração de projetos e estudos de conservação e de eficientização de energia e utilização de fontes alternativas e renováveis;
  • Capacidade para realizar estudos de viabilidade econômica, executar e fiscalizar obras e serviços técnicos;
  • Aptidão para coordenar e supervisionar equipes de trabalho, efetuar vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres.
  • Formação ética, com valorização do ser humano destacada através da importância da segurança no trabalho e da consciência do impacto social da Engenharia;
  • Respeito ao meio ambiente e consciência dos impactos ambientais da Engenharia.

 

Matriz curricular (detalhada): 

O currículo do curso de graduação em Engenharia Elétrica da UFF visa oferecer atividades que contribuam para formação do profissional com o perfil previamente apresentado. Em aderência com as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Engenharia, estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), o currículo do curso de graduação em Engenharia Elétrica da UFF apresenta a seguinte carga horária:

  • Disciplinas Obrigatórias: 3549 horas
  • Disciplinas Optativas: 240 horas
  • Atividades Complementares: 30 horas
  • Estágio Obrigatório: 160 horas
  • Carga Horária Total: 3979 horas

As disciplinas são divididas em três núcleos de estudos: conteúdo básico, conteúdo profissionalizante e conteúdo específico. Maiores informações sobre a matriz curricular podem ser encontradas no Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia Elétrica da UFF, disponível no seguinte link: www.peteletrica.uff.br

Informações do Sistema Acadêmico
Duração do curso: 

Mínima de 10 e máxima de 15 semestres

Mercado de Trabalho: 

A disseminação do uso de equipamentos eletrônicos e sua conexão em redes de dispositivos, difundida inicialmente a partir da internet e gerando atualmente desdobramentos como, por exemplo, a chamada internet das coisas (internet of things), tem conduzido a civilização para a chamada era da informação. A miríade de inovações geradas nesta área, incluindo desde equipamentos originais até novos modelos de negócio, tem despertado a atenção cada vez maior de jovens para este segmento, ampliando a força de trabalho em áreas como ciência da computação, tecnologia de informação, eletrônica, dentre outras.

Com o uso cada vez mais intenso de equipamentos eletrônicos, a sociedade tem ampliado a cada dia sua dependência em relação ao fornecimento de energia elétrica. Os dispositivos e sistemas popularmente utilizados atualmente, desde as redes sociais até os smart phones, dependem de um sistema de fornecimento de energia elétrica para oferecer suas funcionalidades. Além disso, a busca pela redução da dependência do petróleo como fonte primária de energia, tendo como princípios norteadores tanto aspectos econômicos quanto de segurança energética e de sustentabilidade, amplia a importância de sistemas de energia elétrica seguros, econômicos e confiáveis. Tais sistemas são vitais para construção da infraestrutura necessária para a popularização do uso de fontes renováveis de energia e para a ampliação da frota de veículos elétricos, contribuindo assim para a redução da dependência do petróleo.

A importância dos sistemas de energia elétrica para a sociedade atual e principalmente para o futuro evidencia a necessidade da sólida capacitação da força de trabalho necessária para operação, manutenção, gestão, projeto e planejamento de tais sistemas. Neste contexto, o oferecimento de cursos de graduação em Engenharia Elétrica e a constante atualização da matriz curricular de tais cursos são vitais para o desenvolvimento da sociedade.

Em termos regionais, a cidade de Niterói está localizada na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, com um desenvolvido setor de serviços e destacada participação na indústria naval nacional. As principais empresas do setor elétrico nacional (Eletrobrás, Furnas, Operador Nacional do Sistema Elétrico - ONS) e do setor energético (Petrobrás, Empresa de Pesquisa Energética - EPE) estão sediadas no Rio de Janeiro, o que requer uma constante formação e capacitação da força de trabalho. Além destas questões, a implantação do Polo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (COMPERJ) na região de Itaboraí contribuirá para o aumento da demanda por engenheiros eletricistas. Por fim, em 2011 o governo do Estado do Rio de Janeiro criou o projeto Rio Capital da Energia, que prevê investimentos que totalizam R$ 500 milhões até o ano de 2015. Neste cenário, o Rio de Janeiro se apresenta como um polo atrativo para profissionais na área de Sistemas de Energia Elétrica, o que justifica sobremaneira a atualização do curso de Engenharia Elétrica da UFF.

Turno: 
Integral
Código e-Mec: 
12720
Sigla: 
TGE
Localidade: 
Niterói
Comparar curso

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
A atualização mais recente deste conteúdo foi em 13/01/2016 - 11:37