icone pessoasEu sou: Técnico | Docente | Estudante

Cronologia da UFF

  • 1960

    • 26 de abril: Comício promovido pela União Fluminense de Estudantes por uma universidade federal do estado do Rio de Janeiro.
    • 18 de dezembro: o Congresso Nacional aprova a Lei nº 3.848 que cria a criação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFERJ).
    • 22 de dezembro: Juscelino Kubtschek sanciona a lei que cria a UFERJ.

      1961

    • 11 de abril: Instalação da UFERJ.
    • 26 de abril: Nomeação a partir da lista tríplice do Prof. Durval de Almeida Batista Pereira como Reitor.
    • 13 de julho: O Presidente Jânio Quadros demite o Reitor Durval de Almeida Batista Pereira. Inicio da (1ª) Intervenção federal na UFERJ.
    • 13 de Setembro: Federalização e incorporação das escolas agregadas de Niterói à UFERJ.

      1962

    • 02 de Fevereiro: nomeação do Prof. Paulo Gomes da Silva como Reitor temporário da UFERJ.
    • Criação da Escola de Serviço Social de Campos dos Goytacazes, vinculada a Escola de Serviço Social da UFF.

      1963

    • 09 de agosto: aprovação do Estatuto da UFERJ pela Lei 52.292.
    •  05 de Junho: nomeação a partir da lista tríplice do Prof. Deoclécio Dantas Araújo como Reitor.
    • O Hospital Antônio Pedro é incorporado à Universidade.
    • 11 de dezembro: O Conselho Federal de Educação altera o estatuto da UFERJ

      1964

    • 26 de maio: a UFF recebeu do município de Niterói a escritura do prédio do Hospital Antônio Pedro.

      1965

    •  12 de Fevereiro: (2ª) Intervenção federal na UFERJ. afastamento do Reitor Deoclécio Dantas Araújo e nomeação do Prof. Raul Jobim Bittencourt como Reitor Pro-temporare da UFERJ.
    •  03 de Setembro: exoneração do Reitor Deoclécio Dantas Araújo. O Vice-Reitor Argemiro de Oliveira assume a Reitoria.
    •  05 de Novembro: a UFERJ passa a denominar-se Universidade Federal Fluminense.

      1966

    • 30 de maio: fim da intervenção federal na universidade. Nomeação a partir da lista tríplice do Prof. Manoel Barreto Netto para o cargo de Reitor no quadriênio 1966-1970.
    • Início do processo de modernização da estrutura interna da UFF.
    • 18 de novembro: Decreto-lei nº 53: estabelecimento de nova estrutura e métodos de funcionamento para as universidades brasileiras.

      1967

    • Início da Reforma Universitária na UFF

       1968

    • Criação da Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica da UFF, em Volta Redonda. (conforme Parecer n.º 90/69, em 08/02/68, do CFE, art.12).
    • Decreto 62.414 de 15 de março de 1968 — Reforma Universitária.
    • Outubro de: aprovação do Estatuto da UFF.
    • A Reitoria instala-se no antigo Hotel Balneário Casino Icarahí, Rua Miguel de Frias, nº 9. (Dec. de desapropriação nº 60.227 de 16/12/1967; emissão da Posse; 12/04/1967).
    • 12 de setembro: início das atividades do Cine-Art UFF

      1969

    • Alteração do Estatuto da UFF.
    • Inauguração de novos prédios e criação dos Departamentos de Ensino.=
    • 23 de outubro: Decreto 65.610: Criação da Comissão Permanente de Regime de Tempo Integral, a COPERTIDE (embrião da futura Comissão Permanente de Pessoal Docente).
    • Criação da Comissão Executiva de Pesquisa e Pós-graduação (COMPEG).

      1970

    • Nomeação do Prof. Luis Alfredo Juruena Mattos como Reitor temporário.
    • Nomeação a partir de lista tríplice do Prof. Jorge Emmanuel Ferreira Barbosa como Reitor para o quadriênio 1970-1974.

      1971

    • Abertura dos 1ºs Cursos de pós-graduação: História, Engenharia Civil, e Medicina, atualmente denominado Ciências Médicas.
    • Criação do Centro Rural Universitário e Ação Comunitária de Bom Jesus de Itabapoana.

      1972

    • Criação de um Campus Universitário em Óbidos, no Pará— Unidade Avançada José Veríssimo — Poloamazônia (Res.24/1972).

      1974

    • Nomeação a partir de lista tríplice do Prof. Geraldo Sebastião Tavares Cardoso para o cargo de Reitor no quadriênio 1974-1978.
    • Idealização do PLANGEUFF — Plano Geral da Universidade Federal Fluminense: modernização da estrutura administrativa, consolidação da Reforma Universitária e implantação do Campus em Niterói.
    • Instalação do Escritório Técnico para planejamento do Campus da UFF comandada pelo Professor Isar Trajano da Costa.
    • A Unidade Avançada José Veríssimo transfere-se de Óbidos para Oriximiná, no Pará.

      1975

    • Criação do Núcleo Audio-visual-NAV.
    • Criação da Coordenação das Provas de Habilitação, Livre Docência e de Concursos Docentes.

      1978

    • Nomeação a partir de lista tríplice do Prof. Rogério Benevento para o cargo de Reitor no quadriênio 1978-1982.
    • Fundação da ADUFF (Associação dos Docentes da UFF).

      1980

    • O Departamento de Difusão Cultural (DDC) inicia a série Festival dos Melhores Filmes do Ano, por intermédio do voto direto dos expectadores, entre os anos 1980 e 2000. Nesse mesmo período o DDC promoveu também a série UFF Debate Brasil.1980-2000.

      1981

    • Fundação do SINTUFF (Sindicato dos Técnicos da UFF).

      1982

    • Nomeação a partir de lista tríplice do Prof. José Raymundo Martins Romêo para o cargo de Reitor no quadriênio 1982-1986.
    • Criação das Pro-Reitorias: Pró-Reitoria de Planejamento (PROPLAN), Pró-Reitoria de Assuntos Acadêmicos (PROAC), Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPP), Pró-Reitoria de Extensão (PROEX).
    • Criação do Plano Institucional de Capacitação Docente (PICD).

      1983

    • O sociólogo Gilberto Freyre é agraciado com o título de Dr. Honoris Causa da UFF
    • O jurista Heráclito Sobral Pinto

        1984

    • Início das obras para a construção do Campus da UFF na Praia Vermelha e Gragoatá, Niterói.

      1985

    • Primeira eleição direta para reitor.
    • Criação da Editora da Universidade Federal Fluminense – EDUFF.

      1986

    • Eleição do Prof. Hildiberto Ramos Cavalcanti Albuquerque Jr.  para o cargo de Reitor da UFF no quadriênio 1986-1990.

      1988

    • Compra do terreno para edificação do Campi Rural em Cachoeira de Macacu.
    • Criação da COPEV — Comissão Permanente de Vestibular da UFF, a fim de coordenar autonomamente as formas de ingresso na graduação.
    • Realização do 1º exame vestibular.

      1990

    • Eleição do Prof. José Raymundo Martins Romêo para o cargo de Reitor da UFF no quadriênio 1990-1994.
    • 16 de agosto: inauguração do Campus do Gragoatá e da Praia Vermelha.
    • Criação de cursos no interior através de parcerias com prefeituras. 

      1991

    • Criação da Coordenadoria de Seleção Acadêmica--COSEAC, que assumiu a coordenação das formas de ingresso na UFF, inclusive da realização do exame vestibular.

      1992

    • Fundação da Associação dos Professores Inativos da UFF (ASPI-UFF).

      1994

    • Eleição do Prof. Luís Pedro Antunes para o cargo de Reitor da UFF no quadriênio 1994-1998.

      1996

    • Professor Paulo Freire recebe da UFF o título de Dr. Honoris Causa, concedido em 1995.
    • Abertura da Creche da UFF.
    • Organização da Rede de Fibra Ótica da UFF.

      1997

    • Estatuto da Fundação Euclides da Cunha.
    • O arquiteto Oscar Niemayer recebe da UFF o título de Dr. Honoris Causa, concedido em 1996.

    1998

    • Eleição do Prof. Cícero Mauro Fialho para o cargo de Reitor da UFF no quadriênio 1998-2002.
    • Setembro: eleições paritárias para representação na Assembléia Estatuínte UFF.
    • Outubro: instalação da Assembléia Estatuínte da UFF.

      1999

    • Ampliação da UFF em Campos: criação do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional.
    • O escritor português José Saramago, Prêmio Nobel de Literatura, recebe da UFF o título de Dr. Honoris Causa, concedido em 1997.
    • Início das atividades da Fundação Euclides da Cunha.

      2000

    • Criação da Unitevê - Canal Universitário de Niterói.

      2002

    • Re-eleição do Prof. Cícero Mauro Fialho para o cargo de Reitor da UFF, quadriênio 2002-2006.
    • Implementação da Rede de Fibra Ótica da UFF.
    • Implantação do Campus de Rio das Ostras.

      2006 

    • Eleição do Prof. Roberto de Souza Salles para o cargo de Reitor no quadriênio 2006-2010.
    • Consolidação do Programa de Interiorização da Universidade: Angra dos Reis, Arraial do Cabo, Bom Jesus de Itabapoana, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Itaperuna, Macaé, Miracema, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Quissamã, Rio das Ostras, Santo Antônio de Pádua e Volta Redonda.
    • Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI)

    2008

    • O MEC dá início ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais — REUNI 

      2009 

    • Criação da Agência de Inovação – AGIR, vinculada à Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UFF.
    • Construção dos novos prédios da UFF, dentro do Programa da REUNI.

      2010

    • Construção dos novos prédios da UFF, dentro do Programa da REUNI.
    • Re-eleição do Prof.Reitor Roberto Salles para o cargo de Reitor, quadriênio 2010-2014.  
    • 18 de dezembro: Jubileu de Ouro da Universidade Federal Fluminense.

Avalie esta página

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Compartilhe

A atualização mais recente deste conteúdo foi em 07/08/2015 - 15:22