Logotipo da UFF

Marco Aurélio Ferreira

As lagoas costeiras do leste fluminense são um importante polo de biodiversidade no estado do Rio de Janeiro. Além disso, esses ecossistemas também são vitais para a manutenção do cotidiano das comunidades que residem em seu entorno - seja por questões ambientais ou econômicas.

Você sabe como é o dia a dia de um médico veterinário? Ao contrário do que algumas pessoas tendem a imaginar, sua função vai muito além de tratar da saúde de nossos animais de estimação. Esses profissionais atuam em diversas áreas, podendo trabalhar na saúde pública, com pesquisas científicas e até em segmentos voltados para a tecnologia. É isso que o evento “Ações de Extensão de Medicina Veterinária” pretende mostrar para a sociedade no próximo sábado, 28 de setembro.

A UFF, através da Superintendência de Relações Internacionais (SRI), reuniu, entre 29 de julho e 9 de agosto, alunos de sete países diferentes na primeira edição do Brazil: Life and Culture, curso de férias oferecido para seus estudantes estrangeiros e que tem como principal objetivo ensinar não só o ensino da língua brasileira como promover a cultura nacional, nos seus mais diferentes aspectos.

Você já ouviu falar em foguetemodelismo? Desde junho de 2018, a UFF conta com uma equipe de alunos de diversos cursos que projeta e fabrica foguetes - desde a construção do esqueleto externo até a fabricação do combustível.

Uma equipe de alunos de Engenharia de Produção da UFF de Petrópolis recebeu mais uma premiação internacional para a universidade com um projeto sobre aprimoramento de descartes e redução de desperdício pensado para uma empresa na área de soldagem. Os graduandos de Engenharia de Produção alcançaram a terceira colocação na categoria de estudantes em um congresso voltado para a inovação na área de aprendizagem ativa em Engenharia, conhecido como PAEE/ALE, que foi realizado na Tunísia no mês de junho.

Uma equipe formada por cinco alunos da UFF, dos cursos de Geofísica e Engenharia de Petróleo, representará a universidade em Londres na final da primeira edição do “Minus Co2 Challenge”. A disputa, que será realizada em junho, é dividida em três fases, e segundo a integrante Paula Camargos, tem como objetivo principal “desenvolver um campo de petróleo com zero emissão de CO2”. O local usado como referência para realização das pesquisas foi um campo produtor de petróleo localizado em Norne, na Noruega.

 A instalação do porto e terminal petroquímico em Ponta Negra, no Estado do Rio de Janeiro, traz preocupações a respeito de possíveis desastres ambientais à região de Maricá. A obra, que no momento encontra-se embargada, foi objeto de estudo do mestrando em Defesa e Segurança Civil da UFF, José Maria de Castro Júnior e a doutoranda Marina Aires, do Programa de Pós-Graduação em Geografia, que desenvolvem suas pesquisas com o objetivo de avaliar as consequências negativas da construção para o meio ambiente e para a população.

Subscrever Marco Aurélio Ferreira